COMPORTAMENTO
27/07/2019 00:00 -03

Como tirar fotos melhores de sua viagem, de acordo com estes influencers

Anote estas quatro dicas essenciais de campeões de seguidores do Instagram.

Tirar fotos de viagem épicas pode ser complicado, seja para acertar a luz ou o enquadramento. Então que tal conhecer as dicas de instagrammers que têm muitos seguidores?

Veja o que dizem fotógrafos de viagem do Tiny Atlas Quarterly para o registro de suas próximas férias:

@______theo
Fotos tiradas logo no amanhecer são melhores.

“Não tenho palavras para enfatizar o suficiente de que as fotos tiradas ao amanhecer ficam muito melhores. O esforço de acordar cedo vale a pena. Consigo explorar os lugares mais movimentados praticamente sozinho, seja a Torre Eiffel ou a Escadaria Espanhola.” – Theodora Melnik, @______theo 

@dianazalucky
Ficar para trás contribui com a composição da imagem.

“Se você estiver num espaço aberto e quiser tirar uma boa foto com pessoas no quadro, fique um pouco para trás do grupo. Pense num treino intervalado de fotografia. Ou você fica para trás ou corre na frente dos outros para capturar aqueles momentos.” – Diana Zalucky, @dianazalucky  

@twheat
O melhor do pôr-do-sol é o que ele está iluminando.

“Quando você está na praia na hora do pôr-do-sol, todo mundo aponta o celular diretamente para aquela bola vermelha, que é linda e merece ser capturada. Mas não se esqueça de virar para o outro lado e observar o que o sol está iluminando. Pode ser seu hotel ou um amigo, mas aquela é a melhor luz do dia para capturar uma foto linda e que é somente sua.” – Tyson Wheatley, @twheat

@elice_f
Imagens de monumentos ficam mais humanas com gente e momentos capturados pelas lentes.

“Se você tiver a sorte de visitar monumentos famosos, fique à vontade para tirar uma selfie, mas não se esqueça de olhar o resto. Fotografe as pequenas coisas que cercam os grandes monumentos. Capture momentos que sejam significativos para você e mostrem a essência do lugar, em vez de recriar fotos que você já viu antes.” – Elke Frotscher, @elice_f

*Este texto foi originalmente publicado no HuffPost US e traduzido do inglês.