NOTÍCIAS
08/02/2020 07:30 -03 | Atualizado 08/02/2020 10:55 -03

Embratur promove 'luta' de Flávio e Eduardo Bolsonaro pelo turismo

Reportagens publicadas e distribuídas por agência do governo federal desde outubro dão destaque atípico aos parlamentares filhos do presidente Jair Bolsonaro.

Reprodução/ Embratur
Presidente da Embratur, Gilson Machado, e o senador Flávio Bolsonaro.

“Embratur e Flávio Bolsonaro lutam pela atração de turistas para o Rio de Janeiro”, “Embratur e Flávio Bolsonaro trabalham juntos por investimentos no turismo brasileiro”, “Eduardo Bolsonaro se compromete a atender demandas do setor turístico”.

Essas foram as chamadas de três reportagens produzidas e divulgadas pela assessoria da Embratur, agência do governo federal de promoção internacional do turismo brasileiro, desde outubro. A mais recente delas estava em destaque no portal de imprensa da Embratur e foi enviada aos e-mails cadastrados no mailing da agência estatal nesta sexta-feira (7).

Segundo levantamento do HuffPost Brasil, no mesmo período, não há nenhum outro registro que promova a ação de parlamentares específicos. Na verdade, desde o início de 2017, não há menção específica e com destaque a nenhum outro congressista como foi feita com os filhos do presidente Jair Bolsonaro. 

Reuniões de parlamentares com órgãos do governo são comuns, bem como a intermediação deles junto a empresários ou demais interessados. No entanto, em nenhum outro caso nos últimos três anos foi dado igual destaque a congressistas.  

Foi o caso da aliada do governo Carla Zambelli (PSL-SP), que intermediou a visita do biólogo, economista e apresentador de TV Richard Rasmussen em 30 de julho, conforme registrado no site em 31 daquele mês. “Brasil caminha para a consolidação como destino de ecoturismo no mundo” é o título da reportagem, que registra uma foto com Zambelli, Rasmussen, o presidente da Embratur e o secretário de Ecoturismo, André Germanos.

O texto distribuído nesta sexta destaca que “o senador Flávio Bolsonaro (Sem partido-RJ) afirmou que irá apresentar projetos no Congresso Nacional para viabilizar a vinda de cruzeiros para as cidades brasileiras, em especial o Rio de Janeiro”.

“O diretor-presidente da Embratur reforçou e parabenizou o senador pelo esforço na aprovação, no final do ano passado, do Projeto de Decreto Legislativo que tratou da assinatura do tratado internacional da OIT (Organização Internacional do Trabalho), que aborda sobre legislação trabalhista marítima”, diz a reportagem.

Reprodução/ Embratur
Matéria publicada e distribuída pela Embratur nesta sexta-feira (7) destaca Flávio Bolsonaro.

O texto lembra ainda que o diretor-presidente da Embratur, Gilson Machado, e Flávio estiveram em Las Vegas e Miami no fim de janeiro para “capitanear empresas de cruzeiros do país norte-americano para operar no Brasil”.

Segundo revelou o site O Antagonista, no entanto, os dois também mantiveram conversas com o empresário salvadorenho Mario Guardado, diretor de cassinos em Las Vegas, sobre jogos de azar - hoje proibidos no Brasil.

Em nome do pai 

Em outra reportagem que destaca Flávio - “Embratur e Flávio Bolsonaro trabalham juntos por investimentos no turismo brasileiro” -, de 3 de outubro, fica registrado que, em reunião naquele dia com representantes do setor de cruzeiros marítimos, o senador pelo Rio de Janeiro falou em nome do governo federal, comandado por seu pai.

“O senador Flávio Bolsonaro assegurou que o Governo Federal trabalha para melhorar segurança jurídica para investimentos no país”, diz o texto, que completa: “Ele se comprometeu a acompanhar projetos de lei, em tramitação no Congresso, que possam destravar as amarras e permitir o investimento.”

Reprodução/ Embratur
Outra reportagem registra que, em reunião em outubro com representantes do setor de cruzeiros marítimos, Flávio falou em nome do governo federal.

Mas não foi só Flávio, o primogênito de Jair Bolsonaro, que foi promovido por reportagens da agência do governo federal. O 03, Eduardo Bolsonaro, deputado federal pelo PSL de São Paulo, também ganhou uma menção especial, logo no dia seguinte: “Eduardo Bolsonaro se compromete a atender demandas do setor turístico”, diz o título. 

“O presidente da Embratur, Gilson Machado Neto, se reuniu com o deputado que se tornou o mais votado da história do país e pediu apoio para aprovação de projetos que beneficiam o turismo brasileiro”, inicia o texto, que ainda afirma que Eduardo “garantiu que não medirá esforços para a aprovação de projetos que beneficiam o turismo brasileiro”.

“O deputado Eduardo Bolsonaro prometeu que vai unir esforços para que projetos dessa natureza andem no Congresso. ‘Farei uma defesa pessoal, pois acredito que o turismo é a grande alavanca de desenvolvimento do Brasil’, disse.”, registra o site da Embratur.

Reprodução/ Embratur
O filho 02 do presidente, deputado Eduardo Bolsonaro, também ganhou espaço de destaque no portal da Embratur.

Outros registros

No caso de governadores, prefeitos e secretários locais, o site registra os encontros de representantes da Embratur, sempre dando destaque à região representada.   

Foi o caso do encontro de Mário Pilar, secretário de Turismo de Ipujoca, em 7 de agosto de 2019, com o diretor de Marketing da agência, Osvaldo Matos de Melo Junior, no qual, como informa o texto “Porto de Galinhas busca aproximação com o Governo Federal”, foram debatidas iniciativas para o desenvolvimento do turismo na região. 

Na reportagem “Penha busca ampliar desenvolvimento turístico do município”, o site também registra que o prefeito de Penha, município a cerca de 100 km de Florianópolis, Aquiles da Costa, esteve na Embratur em 9 de agosto, e mostrou projetos para ampliar as atrações da cidade.  

Em resposta ao HuffPost, a Embratur disse que, como parte da administração federal, “deve atender todos os parlamentares e cidadãos que queiram contribuir e apresentar suas demandas para garantir o crescimento de turistas e investimentos para o Brasil”.  

“A Embratur apoia o fortalecimento do setor de cruzeiros e o senador Flávio Bolsonaro é entusiasta deste setor, uma das pautas prioritárias da Embratur”, disse a agência.

Ainda segundo a Embratur, desde que a nova gestão assumiu, “abriu as portas para ouvir e interagir com todos os entes federativos e parlamentares”. “Sendo assim, centenas de parlamentares de diversos partidos e posições foram recebidos e continuam sendo bem-vindos com suas ideias e seus projetos republicanos em benefício de toda cadeia produtiva do turismo e seus 52 segmentos”.

 

Leia a íntegra da resposta da Embratur: 

A Embratur é uma Agência de Promoção Internacional do Turismo Brasileiro, de natureza jurídica de Serviço Social Autônomo, que faz parte da Administração Federal. Portanto, deve atender todos os parlamentares e cidadãos que queiram contribuir e apresentar suas demandas para garantir o crescimento de turistas e investimentos para o Brasil.

Desde que a nova gestão assumiu, abriu as portas para ouvir e interagir com todos os entes federativos e parlamentares, buscando alternativas para trabalhar da melhor maneira possível. Sendo assim, centenas de parlamentares de diversos partidos e posições foram recebidos e continuam sendo bem-vindos com suas ideias e seus projetos republicanos em benefício de toda cadeia produtiva do turismo e seus 52 segmentos.

A Embratur apoia o fortalecimento do setor de cruzeiros e o senador Flávio Bolsonaro é entusiasta deste setor, uma das pautas prioritárias da Embratur. Ao relatar o Projeto de Decreto Legislativo que debateu sobre a assinatura do tratado internacional da OIT (Organização Internacional do Trabalho), do qual aborda a legislação trabalhista marítima, o parlamentar e a Embratur estabeleceram agenda para alavancar este segmento. Uma das pautas em conjunto é a atração de empresas internacionais que operam cruzeiros marítimos.

A Embratur, por ser a Agência responsável pela promoção turística do Brasil no exterior, participa de reuniões e eventos com parlamentares ligados ao setor de turismo, divulgando os desdobramentos dos encontros com representantes do Congresso Nacional que procuram a Agência, e vice-versa, para tratar de questões relacionadas ao fortalecimento do turismo e divulgação do Brasil como destino turístico no exterior, incluindo cruzeiros.