COMPORTAMENTO
16/04/2019 07:35 -03

Ficar muito tempo sentado faz mal? Veja os impactos em sua saúde

Está na hora de você rever esse hábito.

yourstockbank via Getty Images
Ficar sentado muito tempo pode prejudicar a coluna e o pescoço.

Você passa muitas horas do seu dia sentado e não faz nenhuma pausa para se movimentar? 

Está na hora de você rever esse hábito. Pode parecer inofensivo, mas ficar sentado por longos períodos traz consequências sérias para a sua saúde. 

Já está claro que o sedentarismo contribui para os riscos de obesidade — e todos os efeitos disso. Mas passar muito tempo sentado também induz a graves dores na sua coluna e pescoço, especialmente quando você trabalha em frente a um computador.

As suas pernas e os seus pés também são prejudicados com isso. Os músculos ficam fracos se você não trabalha cada um deles nem que seja com uma leve caminhada, o que aumenta os riscos de lesão.

Há, ainda, uma redução na circulação sanguínea que pode levar a sintomas como pés inchados ou complicações mais graves, como a trombose venosa.

Enfim, ficar sentado por muito tempo não faz muito bem para o seu corpo. Mas será que isso também tem algum impacto no seu cérebro?

De acordo com um estudo realizado por pesquisadores da UC Los Angeles, permanecer nessa posição pode afetar uma região do cérebro que desempenha um papel importante na formação das memórias.

A descoberta significa que se movimentar mais poderia ajudar a melhorar a saúde do cérebro de pessoas com a doença de Alzheimer, por exemplo.

Além disso, os exercícios ajudam o sangue e o oxigênio a chegar até o cérebro. Isso é necessário para desencadear a liberação de substâncias químicas que melhoram o nosso humor.

Essa também é uma das razões pelas quais os grandes períodos de sedentarismo estão ligados a um aumento da ansiedade

Ainda, em um estudo da Universidade de San Diego, o sedentarismo foi relacionado a um risco maior de doenças cardiovascular entre mulheres mais velhas. 

Ou seja, o recado é claro: quanto mais movimento, melhor.

Portanto, tente encaixar os exercícios físicas na sua rotina. E quando perceber que está sentado por tempo demais, levante-se e faça um alongamento ou uma caminhada.