11/02/2019 16:19 -02 | Atualizado 11/02/2019 16:28 -02

De Marina Ruy Barbosa a Ivete Sangalo: Os famosos homenageados pelo Paris 6 na Restaurant Week

Bistrô é conhecido por batizar os pratos com nome de famosos. A máxima não foi diferente durante a Restaurant Week em Brasília.

A atriz Marina Ruy Barbosa, a cantora Ivete Sangalo e até o ex-técnico de futebol Vanderlei Luxemburgo. Há mais em comum entre essas personalidades aparentemente desconexas do que supõe a vã filosofia. O elo entre elas? Todas foram homenageadas por Isaac Azar, o empresário-fenômeno por trás da rede de restaurantes Paris 6, com unidades espalhadas em diferentes cantos do Brasil, inclusive na capital federal.

O famoso restaurante é, pela primeira vez, um dos participantes da Restaurant Week Brasília 2019, que prossegue até o comecinho de março com menus em conta em mais de 60 estabelecimentos (confira o menu completo abaixo). Para o evento, mantiveram a tradição com receitas que remetem à celebs. Em Brasília, para decidir quais os pratos ofertados com menor valor Isaac Azac escolheu os que têm mais procura.

“Em todas as edições do evento em que participamos, nas cidades com Paris 6, optamos por uma seleção de pratos e sobremesas que agradam aos paladares diversos, de acordo com o tema do festival”, afirma ao HuffPost Brasil.

Paris é aqui?

Na França, a alcunha de bistrô remete a locais simples, de comida barata e com menu sazonal, que depende do que vem do campo e da horta para ser formatado. Não há luxo. O foco é o sabor.  

Embora tenha pego o termo emprestado, o Paris 6, bem se sabe, foge dessas premissas. A marca registrada são justamente as receitas com nomes de cantores, jogadores de futebol, atrizes, influenciadores, musas fitness… Celebridades que emprestam sua imagem a toda sorte de combinações, sobretudo aos lambuzados grand gateaus que fazem bonito em posts nas redes sociais, e que foram copiados Brasil afora.

No Instagram, o restaurante tem mais de 1,2 milhão de seguidores. Apenas para comparar, o premiado chef Alex Atala, diversas vezes listado entre os melhores do mundo, tem cerca de 700 mil seguidores na mesma rede social. Isaac garante que o segredo é emprestar seu carisma para a marca. Assegura que é ele quem faz postagens e responde directs.

Mesmo com a casa cheia, o empresário faz questão de participar de ações como a RW. Para ele, o jogo não está ganho. Lotar os salões é uma busca constante. “É uma forma de prospectarmos novos clientes e pessoas que ainda não conhecem o Paris 6, já que, a cada edição, a Restaurant Week mantém um alcance de público que sempre se renova”, explica.

Se, no marketing, a nota é máxima, em uma análise da cozinha há alguns dissabores. Há quem critique certas fórmulas repetida à exaustão. Muito queijo. Um pé no cafona. Sobremesas excessivamente doces. A casa jamais foi unanimidade. Ainda assim, as filas prosseguem quilométricas, e a média de clientes famintos é de 100 mil por mês. Ame ou odeie, o Paris 6 caminha a passos largos. Caiu no gosto do brasileiro.

Da primeira unidade na paulista e movimentada Haddock Lobo, em 2006, para outras dezenas de cidades. Ano a ano, supera crises e segue com números megalomaníacos,  emulando o que se imagina de um restaurante desse tipo na terra do croissant e da baguete. Em Brasília, muito em breve, também há novidades: em breve, tem Paris 6 no turístico Pontão do Lago Sul.

“Em 2019, focaremos em até, no máximo, cinco aberturas de bistrôs, consolidando os existentes e iniciando o projeto de abertura do Paris 6 Café”, adianta.

Abaixo, veja o menu completo do Paris 6 para a Restaurant Week Brasília.

Almoço (R$ 43,90)

Entradas

  • Caesar salad de frango com croutons, lascas de parmesão e molho à base de maionese à “Miguel Falabella”; 
  • Salada P6, composta por folhas verdes e acompanhada de tomate caqui, cubos de frutas da estação e molho mostarda.

Principais   

  • Risoto salteado em vinho branco, muçarela de búfala, tomate concassê e manjericão à “Estrela Blanco”; 
  • Carre de bouf salteado no azeite e alho, arroz branco, feijão carioca, farofa com bacon, banana à milanesa e dois ovos fritos à “Ivete Sangalo”.
Thatiana Bione
Nhoque Marina Ruy Barbosa é um dos pratos principais da casa. 

Sobremesas

  • Crème brûlée clássico de fava de baunilha coberto com casquinha de açúcar queimado à “Maria Gadu”; 
  • Cheesecake tradicional com calda e pedaços de morangos frescos à “Malu Rodrigues”.
Thatiana Bione
Cheesecake Malu Rodrigues.

Jantar (R$ 53, 90)

Entradas

  • Creme de citrouille (receita francesa de creme de abóbora com manjericão e azeite) à  “Maytê Piragibe”; ou
  • Salada caprese (folhas, tomate caqui, muçarela de búfala, manjericão e vinagrete) à “Claudia Raia”.
Thatiana Bione
Salada Claudia Raia é uma das entradas do RW Brasília. 

Principais

  • Gnocchi de brie aos quatro queijos e gratinado no forno com parmesão à “Marina Ruy Barbosa”; ou
  • Duplos filés de trutas grelhadas ao molho de amêndoas com manteiga e purê de batatas à “Vanderlei Luxemburgo”.

Sobremesas

  • Cocada de forno brûlée (com casquinha de açúcar queimado) coberta com ganache de chocolate meio amargo, coco ralado e nozes granuladas à “Paula Fernandes”; ou
  • Brigadeiro de colher servido no ramequin de crème brûlée coberto com ganache de chocolate meio amargo, morangos e leite condensado à “Juliana Didone”.
Thatiana Bione
Brigadeiro Juliana Didone é opção para a sobremesa no jantar do Paris 6. 

Serviço  
Restaurant Week Brasília 2019
De 8 de fevereiro a 3 de março
Menu em três etapas a R$ 43,90 (almoço) e R$ 54,90 (jantar). No menu Plus, R$ 55 (almoço) e R$ 68 (jantar). Ao valor final da conta pode ser somada a doação de R$ 1, revertida à ONG Amigos da Vida.
Confira cardápios e todas as casas participantes neste link.

Onde comer

Paris 6 Bistrô (Setor Comercial Norte, Quadra 6, Shopping ID; 61 3037-3437), aberto de segunda a quinta, das 11h à 0h; e de sexta a domingo, das 11h à 1h.