Entender o que é o tal 'novo normal' pode diminuir sua ansiedade

"Talvez exista uma nova forma de convivência. A palavra de ordem é adaptação; não quer dizer 'ser entregue', não quer dizer que eu concorde", afirma o psicólogo Rafael Zeni.

Uma das consequências do novo coronavírus foi o surgimento, praticamente da noite pro dia, de uma nova sociedade em que precisamos mudar muitos de nossos comportamentos para nos proteger da covid-19. Com isso surgiu o que estamos chamando de “novo normal”.

E como nem tudo é simples e fácil de ser compreendido, estamos muito mais ansiosos neste momento. Até porque as palavras novo e normal não fazem tanto sentido assim. Esse foi um dos temas do episódio 5 do podcast Tamo Junto.

O nosso convidado, o psicólogo e psicoterapeuta Rafael Zeni disse que, pessoalmente, entende que a expressão surgiu para “aliviar o baque; por dizer ‘novo’ e ‘normal’, a gente tem uma sensação de que ainda vai conhecer o que vem por aí”.

Zeni pontua que é muito importante entender o que está acontecendo, pensando no agora: “Primeiramente é importante compreender e aceitar o presente. Aceitar, eu quero dizer que não é achar bonito, é compreender que existe um vírus. Aí entra a importância das aulas de biologia e infectologia: existe um vírus, que precisa de uma vacina. E não ficar construindo falsos otimismos. Vamos compreender a partir do que a ciência possibilita”.

Ele ressalta a importância de se adaptar da melhor forma possível a tudo isso:

“Talvez exista uma nova forma de convivência. Eu vou invocar Darwin; não é o mais forte, não é o mais rápido, não é o mais resistente, é o que melhor se adapta. A palavra de ordem é adaptação, não quer dizer 'ser entregue', não quer dizer que eu concorde.”

Ele exemplifica que a máscara contra o coronavírus pode ser o que foi a camisinha para o vírus da aids: “Vamos pensar que o sexo com camisinha é uma consequência de um vírus e talvez vamos ter de usar máscara, arrasar no look e entender que vai fazer parte e aceitar”.

O “novo normal” foi um dos temas do episódio 5 do podcast Tamo Junto. Nós também falamos sobre diversos aspectos da nossa nova realidade que podem estar causando mais ansiedade e que podem estar atrapalhando nosso dia a dia.

Entre os assuntos abordados, estão os sintomas de ansiedade e suas semelhanças com a covid-19, o cansaço causado pelo longo isolamento, a queda na produtividade tanto em nível pessoal quanto profissional e as particularidades do isolamento social para a população LGBT.

Ouça o Tamo Junto no Spotify, na Deezer, no Google Podcasts e na Apple Podcasts. Deixei seu comentário, dúvida, crítica ou elogio e sugestão de quais temas e convidados você gostaria de ouvir nas próximas edições.