NOTÍCIAS
18/01/2020 12:51 -03

MEC admite erro em correção de provas do Enem

De acordo com o ministro Abraham Weintraub, erro atingiu 0,1% dos candidatos que prestaram o exame.

ASSOCIATED PRESS

O ministro da Educação Abraham Weintraub afirmou neste sábado (18) que um erro na correção das provas do Enem atingiu a nota de alguns candidatos que prestaram o exame. De acordo com o ministro, cerca de 0,1% dos 3,9 milhões de estudantes que fizeram a prova podem ter sido afetados.

“Nós encontramos inconsistências na contabilização e correção da segunda prova do Enem do ano passado. Um grupo muito pequeno de pessoas teve o gabarito trocado quando foram fechados os envelopes. Uma inconsistência fácil de ser consertada. Estamos falando de alguma coisa como 0,1% das pessoas que fizeram, dos milhões [que prestaram a prova]”, declarou Weintraub.

Na última sexta-feira (17), o Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais) liberou os resultados individuais da edição de 2019 do exame. Candidatos perceberam inconsistências em relação às notas e relataram os problemas nas redes sociais. 

Segundo o Ministério da Educação, o erro está sendo corrigido e os resultados devem ser estabilizados até segunda-feira (20). 

O Inep também criou um email para os candidatos que se sentirem prejudicados enviarem suas dúvidas. Caso você tenha sido afetado, basta escrever para enem2019@inep.gov.br.