NOTÍCIAS
15/09/2019 12:28 -03 | Atualizado 15/09/2019 13:09 -03

Mocidade escolhe samba de Sandra de Sá para homenagear Elza Soares no Carnaval

Com o enredo "Elza Deusa Soares", a escola de samba da Zona Oeste do Rio de Janeiro fará homenagem à cantora na Sapucaí.

STEPHANIE MURNIER
Elza Soares será homenageada pela Mocidade Independente de Padre Miguel no Carnaval 2020.

“Laroye e mojuba liberdade! Abre os caminhos pra Elza passar. Canta Mocidade. Essa negra tem poder. É luz que clareia. É samba que corre na veia”.

Os versos acima são do samba de autoria de Sandra de Sá e outros sete compositores, que entrará na Sapucaí junto com a Mocidade Independente de Padre Miguel no Carnaval 2020. Com o enredo Elza Deusa Soares, a escola de samba da Zona Oeste do Rio definiu, neste sábado (14), que levará uma homenagem à cantora Elza Soares para a Avenida.

O anúncio do samba foi feito por volta de 05h40. Ao todo, 23 cantores e compositores inscreveram seus sambas na disputa organizada pela agremiação, que teve início em julho deste ano.

Antes da decisão final, uma enquete realizada pela escola nas redes sociais já apontava a composição de Sandra de Sá como a favorita. Cerca de 60% dos seguidores da escola gostariam de ver Elza homenageada pela Mocidade. 

Além de Sandra de Sá, são autores do samba DR Márcio, Igor Vianna, Jefferson Oliveira, Prof. Laranjo, Renan Diniz, Solano Santos e Telmo Augusto. Em seu perfil do instagram, Sandra de Sá já havia publicado um trecho do samba-enredo. Ouça um trecho:

A Mocidade foi a primeira das 13 escolas do Grupo Especial a escolher seu samba por meio de disputa. No próximo sábado (21), segundo o jornal O Globo, as escolas Grande Rio e Viradouro farão o mesmo.

Em seguida, no próximo dia 5 de outubro, será a vez da São Clemente. Dia 10, Beija-flor. No dia 11, Portela e Salgueiro. Estácio, Mangueira e Ilha fecham a temporada de finais no dia 12. Outras escolas como Tuiuti, Unidos da Tijuca e Vila Isabel definiram seus sambas internamente, sem disputa.

Nesta semana, Elza Soares lançou Planeta Fome, mais novo álbum e sua carreira. O nome do CD faz alusão à sua época de aspirante a cantora, no programa Calouros em Desfile, na Rádio Tupi, apresentado por Ary Barroso.

Ao vê-la vestida de forma muito simples, o famoso compositor e radialista perguntou em tom jocoso: “De que planeta você veio, minha filha?”. E ela respondeu: “Do mesmo planeta que o senhor, do planeta fome”.