COMPORTAMENTO
18/08/2019 01:00 -03

Por que você não consegue dormir sem um cobertor, mesmo se estiver quente

Leia aqui conselhos sobre como ajustar sua roupa de cama e ter uma boa noite de descanso.

Janine Mclaren / EyeEm via Getty Images
Cobertor é item indispensável para uma boa noite de sono.

Começar e permanecer dormindo durante os dias mais quentes às vezes pode parecer mais trabalhoso do que, bem, o seu trabalho. Você sabe que uma solução fácil para ficar tranquilo e dormir melhor seria jogar suas cobertas para fora da cama - mas não importa o quão suado e desconfortável você esteja, você não pode se livrar completamente de um lençol ou cobertor.

Você pode se esbaldar em um banho frio antes de ir para a cama, ou enrolar uma perna por cima da outra, ou colocar um ventilador diretamente ao seu lado. Você pode até se sentir corajoso o suficiente para dormir com a parte de trás do seu corpo exposta (enquanto a metade da frente fica coberta). Mas se livrar desse lençolzinho te cobrindo inteiramente? Isso é coisa de maluco.

Mas por que dormir sem as cobertas é um problema, apesar de poder melhorar exponencialmente a qualidade do seu sono? 

Cobertores e lençóis são geralmente acessórios de sono úteis...

“Nosso ritmo circadiano está ligado à temperatura, e uma queda na temperatura corporal ocorre logo antes de dormir”, explicou Ellen Wermter, enfermeira e porta-voz do Better Sleep Council.

Sua temperatura continua a cair durante a noite. É a maneira de o seu corpo conservar energia para poder ser redirecionado para outros sistemas, como a digestão.

Lençóis e cobertores evitam que a temperatura do seu corpo caia muito e te acordem, o que dá ao seu organismo a chance de completar seus processos restaurativos sem interrupção.

... Mas durante o tempo quente, nem tanto.

Quando o calor está sufocante, nosso ritual de edredons pode funcionar contra nós mesmos. “Quando você já está quente, aumenta ainda mais a temperatura e cria um forno a vapor na sua cama”, disse Wermter.

Como a queda natural na temperatura corporal logo antes de dormir é uma sugestão de que é hora de desligar, os tempos muito quentes fazem seu cérebro pensar que é hora de ser ativo, não de descansar.

E mesmo que você consiga adormecer, as chances são de que você não consiga dormir a noite toda. “Sua temperatura média deve subir o suficiente para acordá-lo enquanto seu corpo trabalha para se resfriar”, disse Wermter.

Isso fragmenta seu sono.

Romper com as cobertas não é tão fácil quanto parece.

Enquanto a queda inicial na temperatura do corpo é uma sugestão para o sono, se enfiar debaixo das cobertas também é um aviso de que o seu corpo está cansado. (Os especialistas chamam essas dicas de “associações de início do sono”.) ”É parte da sua rotina e, sem ela, seu cérebro sente que algo está faltando e pode achar difícil relaxar”, disse Wermter.

Além disso, é uma coisa de conforto.

Durante a fase do sono conhecida como REM, os níveis de serotonina diminuem. A serotonina é o neurotransmissor mais conhecido por incentivar sentimentos de calma, disse Sanam Hafeez, neuropsicólogo e professor adjunto da Universidade de Columbia, em Nova York.

“O uso de cobertores está associado a níveis mais altos de serotonina, o que significa que eles podem nos ajudar a dormir melhor. Pode ser que o peso da cama cause uma estimulação de pressão profunda que ativa o sistema nervoso parassimpático, aumentando potencialmente os níveis de dopamina (outro neurotransmissor que estimula o humor) e de serotonina em alguns indivíduos,” explicou Wermter.

Então, se usar as cobertas pode, paradoxalmente, fazer você tanto perder o sono durante o tempo quente quanto mantê-lo confortável, qual é a melhor decisão?

Veja como os especialistas sugerem que você ajuste sua roupa de cama para ficar fresquinho e bem descansado.

Sofie Delauw via Getty Images
Edredom em noite quente pode incomodar.

Tome um banho quente antes de dormir.

“Quando você aquece rapidamente seu corpo no chuveiro, você ativa seu processo natural de termorregulação”, disse a neurocientista Chelsie Rohrscheib, especialista em sono na Austrália e membro do Sleep Cycle Institute.

Em outras palavras, a água em sua pele evapora após o banho, esfriando o seu coração rapidamente e dizendo ao seu cérebro que é hora de dormir. O resultado? Suas cobertas vão se sentir mais como um oásis aconchegante e menos como uma panela de pressão.

Comece por etapas.

Se sair de um cobertor mais pesado para nenhum lençol é uma medida drástica, experimente ir diminuindo gradualmente as suas coberturas ao longo das noites.

“Isso dá ao seu cérebro tempo para se ajustar à diferença de peso enquanto você troca seus cobertores por aqueles que são mais finos e respiram mais facilmente”, disse Wermter.

Durma de calcinha ou cueca.

O pijama pode causar ainda mais calor e ser difícil de remover no meio da noite sem atrapalhar o seu sono, disse Wermter. Prefira a sua roupa íntima.

Invista em um travesseiro refrescante.

Sua temperatura cerebral precisa cair 1 ou 2 graus antes de adormecer, explicou Rohrscheib. Em ambientes quentes, isso pode ser um feito complicado. Almofadas de resfriamento são uma maneira conveniente de acelerar o processo, bem como para aumentar a probabilidade de você permanecer dormindo a noite toda.

Experimente um cobertor de resfriamento ...

“Eles são projetados para mantê-lo fresco sem perder os benefícios sensoriais de um cobertor mais espesso”, disse Hafeez. Feitos de de algodão leves e escovadas, cobertores resfriados criam aquele ambiente aconchegante de flanela sem aprisionar o calor.

... Ou um lençol de lycra.

Estes podem lhe dar a sensação de casulo que você deseja sem o volume e o calor de um cobertor mais pesado, de acordo com especialistas.

Aconchegue-se com um travesseiro corporal.

Um travesseiro que se adapte a seu corpo com uma espuma flexível e um tecido que permita a sua pele respirar. 

Mantenha os seus pés livres.

Manter os seus pés frescos  pode ajudar a diminuir a temperatura geral do corpo.

Dê a si mesmo um espaço.

Dormir perto do seu parceiro pode aumentar o índice de calor, disse Wermter. Se o seu colchão for grande o suficiente, ofereça espaço suficiente para regular melhor as temperaturas corporais individuais.

*Este texto foi originalmente publicado no HuffPost US e traduzido do inglês.