ENTRETENIMENTO
25/03/2019 14:31 -03 | Atualizado 25/03/2019 14:32 -03

Domingos de Oliveira deixou série de TV pronta que estreará ainda em 2019

"Mulheres de 50”, do Canal Brasil, é a última contribuição para o legado do homem que amava as mulheres.

Reprodução/Innstagram domingosdocabo
Autor, diretor e ator carioca morreu no último sábado (23) aos 82 anos.

Em seu filme O Homem que Amava as Mulheres (1977), o cineasta francês François Truffaut conta a história de Bertrand Morane, um homem que tem sua vida pautada por seu amor incondicional às mulheres. Se a história fosse ambientada no Brasil, esse “personagem” seria, com toda certeza, Domingos de Oliveira.

Morto no último sábado (23), aos 82 anos, o autor, diretor e ator deixou um legado de mais de 120 obras (entre livros, peças e filmes) em que as mulheres são o centro de seu universo.

Sobre sua biografia, publicada em 2014, ele disse para O Globo que a narrativa só tomou forma quando a contou por meio das mulheres de sua vida. “Sou o que as mulheres que eu amei fizeram de mim”, disse ao jornal.

E nada mais coerente com sua trajetória do que deixar pronto o fechamento de um trilogia que resume seu legado. Esse é o caso de Mulheres de 50, série que filmou para o Canal Brasil que tem estreia marcada ainda para 2019.

Na produção, o diretor encerra um ciclo que começou na peça Confissões das Mulheres de 30 na década de 1990 e que deu continuidade em Confissões das Mulheres de 40, já nos anos 2000.

A obra é um trabalho colaborativo do autor com as atrizes e protagonistas da história: Priscilla Rozenbaum (última esposa de Oliveira), Cacá Mourthé, Clarice Niskier e Dedina Bernardelli, e mantém o mote das anteriores, contando as alegrias e dilemas de um grupo de mulheres, que agora enfrentam questões como relacionamentos e vida profissional em uma fase mais madura da vida.

Oliveira iniciou trajetória profissional no teatro, aos 27 anos, no qual possui conquistou carreira sólida, mas foi no cinema em que ele mais se destacou, principalmente depois do filme Todas as Mulheres do Mundo (1966), filme que é apontado por críticos como um dos mais importantes do cinema nacional.

Galeria de Fotos Melhores filmes de 1999 Copy Veja Fotos