ENTRETENIMENTO
26/06/2020 09:24 -03

Disney reformulará tema de brinquedo acusado de ser baseado em filme racista

A Splash Mountain será remodelada para ser baseada em "A Princesa e o Sapo", animação com a 1ª princesa negra do estúdio.

A Disney anunciou que reformulará uma tradicional atração de dois de seus parques temáticos, a Splash Mountain, que agora terá Tiana, a primeira princesa negra do estúdio, como tema.

O brinquedo, que é um dos mais visitados do parques tanto de Anaheim, na Califórnia, quanto no Magic Kingdom, na Flórida, tinha como tema A Canção do Sul (1946), um filme criticado por décadas por suavizar o período da escravidão no sul dos Estados unidos.

A própria Disney admite o fato e nunca relançou A Canção do Sul em DVD, relegando o filme a uma espécie de limbo dentro de seu catálogo. Uma petição online recente acirrou a discussão, argumentando que o filme promove estereótipos racistas.

Divulgação
Cena de "A Canção do Sul".

O plano da Disney agora é remodelar a atração baseada na animação A Princesa e o Sapo (2009), que se passa na Nova Orleans da década de 1920 e tem como princesa a trabalhadora Tiana, que tem como grande sonho montar seu próprio restaurante e usar as receitas de seu falecido pai no menu.

“Tiana é uma mulher moderna, corajosa e empoderada, que persegue seus sonhos e nunca perde de vista o que é realmente importante. É uma ótima história com um forte personagem principal, no cenário de Nova Orleans e da baía da Louisiana ”, explicou a empresa em um comunicado.

Estúdios de Hollywood, incluindo a Disney, estão revisitando obras do passado, à luz de novos pedidos de justiça racial após a morte do afro-americano George Floyd, assassinado por um grupo de policiais na cidade de Mineápolis. 

A petição no site Change.org diz que a Splash Mountain era um “clássico”, mas que “sua história e enredo estão imersos no imaginário racista, extremamente problemático e estereotipado do filme A Canção do Sul.