Especialistas em comida dão dicas para seu delivery brilhar no Instagram

Caprichar no visual dos pratos é uma maneira de homenagear os funcionários do restaurante que prepararam sua comida.

Apesar da gradual reabertura dos restaurantes, ainda é mais seguro comer em casa por causa da pandemia do coronavírus. Você pode apoiar seus estabelecimentos favoritos pedindo um delivery caprichado, mas comer no sofá de pijama não tem o mesmo apelo da experiência de um restaurante, incluindo as fotos que vão para o Instagram. Então vale a pena dedicar um tempinho para cuidar do visual do prato.

Para a estilista de comida Rishon Hanners, esse ritual ajuda a dar um senso de normalidade a esses dias estranhos. “Arrumar a mesa, sentar-se para comer, acender umas velas, um vaso de flores – tudo isso te traz mais para o momento presente e torna o jantar uma ocasião especial, mesmo que a comida tenha sido entregue”, afirma ela.

<i>Foto de um prato montado por Rishon Hanners.</i>
Foto de um prato montado por Rishon Hanners.

Angie Mosier, fotógrafa e estilista de comida, diz que cuidar do visual é uma maneira de homenagear os funcionários do restaurante que prepararam o prato. “Do contrário, parece uma maçaroca qualquer”, afirma ela.

Comece aquecendo a comida do jeito certo.

Antes de pensar na estética, esquente a comida. Não só vai ficar mais gostoso (dã), mas também vai ajudar o visual. Se for um bife, por exemplo, coloque no forno a 220 graus durante alguns minutos, sugere Hanners. Você também pode tentar reforçar a cor da carne numa frigideira.

Escolha o prato com base na comida

Se tiver opções diferentes de pratos, use o tipo de comida como guia. “Se estivesse numa churrascaria chique, gastando um dinheirão, escolheria um prato branco grande, para destacar a carne. Os acompanhamentos eu serviria em pratinhos menores”, diz Mosier.

Sam Nadolski, responsável pela conta Eating Through Atlanta, comprou pratos diferentes para usar em suas fotos. Desde o começo da pandemia, ela vem postando imagens de comida que foi buscar nos restaurantes ou pediu para entregar – de omeletes a hambúrgueres. “Sempre penso no que quero focar. No caso do [restaurante de Atlanta] Bocado, queria mostrar o hambúrguer lindo, mas também destacar que você recebe acompanhamentos”, diz Nadolski. “Esse foi meu ponto de partida.”

<i>O hamb&uacute;rguer do Bocado, em foto de Sam Nadolski</i>.
O hambúrguer do Bocado, em foto de Sam Nadolski.

Se você quiser tirar uma foto, o melhor é escolher louça de cor neutra. “Isso ajuda a destacar ainda mais o que está no prato”, afirma Hanners.

Seja criativo no empratamento

Você poderia simplesmente empilhar a comida no prato, mas não tenha medo de exercitar a criatividade.

Digamos que você trouxe para casa uma proteína com purê de batata e legumes de acompanhamento. A proteína será a estrela, diz Mosier. Pense em como o restaurante montaria o prato. “Os carboidratos costumam ser uma boa base, e depois você coloca os outros elementos por cima”, sugere Mosier. “Num restaurante, o purê de batatas provavelmente estaria no meio do prato, cobertos por aspargos de um lado e pela carne do outro, além de alguma erva como decoração.”

No caso de massas, Hanners gosta de enfatizar o molho. “Ninguém quer ver macarrão seco”, diz ela. E não jogue numa tigela de qualquer jeito. “Massas são muito icônicas para quem trabalha com fotos de comida, obviamente. E é um pouco complicado, mas basta fazer uma espiral com um garfo ou uma pinça. Um punhado arrumadinho é mais atraente do que um emaranhado de fios de espaguete”, afirma ela.

<i>&ldquo;Ningu&eacute;m quer ver macarr&atilde;o seco&rdquo;, diz Hanners.</i>
“Ninguém quer ver macarrão seco”, diz Hanners.

Dê seus retoques finais

Alguns restaurantes incluem alguns itens para dar o toque decorativo final. As ervas dão um toque de cor (e provavelmente você já as tem em casa) e uma pitada de cristais de sal contribuem com a textura. Mosier sugere adicionar um fiozinho de azeite de oliva na massa ou um pouco de manteiga com ervas sobre o bife.

Capriche no cenário

Depois de estilizar sua comida para viagem, você também pode pensar no pano de fundo. Não se trata só do Instagram – você também vai incrementar a sua própria experiência.

Mosier gosta de pensar em uma paleta de cores e quais delas vão complementar o prato. “O importante é a experiência que você está criando em casa. Todo mundo gosta de mesa de jantar bem arrumada em casa”, diz Mosier. Ela também sugere adicionar uma ou duas flores para um toque extra de requinte.

Se você não está no pique de arrumar a mesa, mas ainda assim quer aquela foto, use um fundo neutro. Para Nadolski, o balcão da cozinha pode ser uma boa opção, por causa da iluminação. Ela também comprou cenários (você os encontra na internet), já que ela está tirando muito mais fotos em casa agora. “Gosto de usar esse recurso porque parece que estou em vários lugares diferentes da minha casa. É um fundo limpo e agradável, o que às vezes ajuda a colocar a comida em destaque”, explica Nadolski.

*Este texto foi originalmente publicado no HuffPost US e traduzido do inglês.