ENTRETENIMENTO
09/02/2020 23:43 -03

Brasileiro 'Democracia em Vertigem' perde o Oscar 2020 para 'Indústria Americana'

Filme financiado pelo casal Obama conta a história de conflitos entre americanos e chineses em uma fábrica.;

Kevin Winter via Getty Images
Os diretores Julia Reichert e Steven Bognar recebem o Oscar de Melhor Documentário.

Não foi dessa vez que o Brasil ganhou seu primeiro Oscar. Democracia em Vertigem, de Petra Costa, perdeu a estatueta de Melhor Documentário para Indústria Americana. “Mesmo antes de abrir o envelope, mesmo de estar na presença dos colegas, irmãos e irmãs que arriscam suas vidas trazendo historias sobre hospitais que estão sendo bombardeados, sobre a crise política no Brasil, vocês nos inspiram”, disse a cineasta Julia Reichert ao receber o prêmio na noite deste domingo (9).

Co-dirigido com Steven Bognar, Indústria Americana - uma produção da Netflix como Democracia em Vertigem e financiado pelo casal Barack e Michelle Obama - conta a história de trabalhadores de uma fábrica da General Motors em uma cidade no estado de Ohio que ficam desempregados depois do fechamento do local.

Mas aí uma empresa chinesa de fabricação de vidros automotivos se interessa em entrar no mercado americano, compra a planta e contrata vários desses trabalhadores. No começo, a relação entre americanos e chineses vai muito bem, mas diferenças culturais e administrativas acabam azedando a relação.

“Nosso filme é de Ohio e da China, mas podia ser de qualquer lugar do mundo, onde as pessoas colocam uniforme e batem o ponto para dar o melhor para sua família. As coisas vão melhorar quando todos os trabalhadores, independente de que país sejam, se unirem. Obrigado à Academia e todos que confiaram na gente, obrigado também à Netflix”, concluiu Bognar,

Eleições nos EUA
As últimas pesquisas, notícias e análises sobre a disputa presidencial em 2020, pela equipe do HuffPost