ENTRETENIMENTO
22/11/2019 03:00 -03

Há 30 anos, 'De Volta Para o Futuro 2' estreava no cinema

9 curiosidades que você não sabia sobre uma das sequências mais amadas até hoje.

Quinto filme de maior bilheteria de 1989, atrás de Batman, Indiana Jones e a Última Cruzada, Os Caça fantasmas 2 e Parenthood - O Tiro Que Não Saiu Pela Culatra, De Volta Para o Futuro 2 é considerado até hoje uma das melhores sequências já produzidas por Hollywood.

Tanto que para muitos fãs da trilogia criada por Robert Zemeckis e Bob Gale o filme que estreou nos cinemas no dia 22 de novembro de 1989 é seu preferido.

Também... Quem não lembra do hover board (o skate que plana no ar), do tênis que fecha sozinho, da pizza desidratada instantânea ou do casaco que seca sozinho. Mas essas são apenas algumas poucas curiosidades do filme que todo mundo lembra e conhece.

Para comemorar os 30 anos de De Volta Para o Futuro 2, selecionamos algumas coisas que você provavelmente não sabia sobre esse cult dos anos 1980.

Venha com a gente por esse viagem ao futuro (ou passado): 

De Volta para o Futuro 2 nem era para existir

Os criadores de De Volta Para o Futuro, Robert Zemeckis e Bob Gale não pensavam em fazer uma continuação quando lançaram o filme em 1985. Tanto que a famosa frase “to be continued...” (continua) no final do filme, quando Doc Brown aparece voando em um DeLorean futurista, não faz parte da versão exibida nos cinemas. Segundo Zemeckis e Gale, a cena com o DeLorean voador foi simplesmente uma brincadeira deles. Mas o filme fez tanto sucesso que a Universal inseriu a frase na versão em VHS, planejando sequências com ou sem a participação de Zemeckis e Gale. Ainda bem que a dupla embarcou na ideia. 

Filho de peixe?

Quando Marty chega a 2015, ele é “atacado” por um holograma do cartaz do filme Tubarão 19, que seria dirigido por Max Spielberg. Sim, o famoso cineasta Steven Spielberg, produtor do filme e um grande amigo de Robert Zemeckis, tem um filho chamado Max, que nasceu em 1985, ano de lançamento do primeiro De Volta Para o Futuro. Mas ele não seguiu exatamente o mesmo caminho do pai. Max dirigiu apenas um curta, chamado Snap Shot, em 2002. Ele preferiu seguir a carreira de designer gráfico, participando da produção de jogos de videogame como Assassin’s Creed: Unity  (2012) e Battlefield 1 (2016).

A rainha está morta

Reprodução

Uma das previsões que De Volta Para o Futuro 2 errou feio foi a visita da rainha Diana aos Estados Unidos em 2015. A notícia pode ser vista na parte superior direita de uma versão do jornal USA Today de 22 de outubro de 2015. Infelizmente, Diana nunca chegou a ser rainha porque morreu em um acidente de carro no dia 31 de agosto de 1997. 

Cubs campeões? Sério?!

Andrew Kelly/Reuters

Já a previsão do Chicago Cubs campeão da World Series (a final do campeonato americano de beisebol), que parecia muito mais absurda que a visita da “rainha Daiana”, por pouco, muito pouco mesmo, não se confirmou. Os Cubs, que por muitas décadas foram motivo de chacota por ter vencido sua última World Serie em 1908, foram campeões depois de longos 108 anos, em 2016, não em 2015, como “previu” o filme.   

Frodo do futuro

Reprodução

De Volta para o Futuro 2 foi o primeiro filme da carreira de Elijah Wood. Sim, o famoso Frodo, da trilogia O Senhor dos Anéis (2001 - 2003) tinha apenas oito aninhos quando estreou na telona como um dos garotos que estão jogando um fliperama na lanchonete em que Marty acaba encontrando seu filho, Marty McFly Jr.

Duas mudanças e um processo

Divulgação

Dois atores do elenco do primeiro filme foram substituídos em De Volta para o Futuro 2. Claudia Wells deu lugar a Elisabeth Shue como Jennifer (a namorada de Marty) para cuidar de sua mãe doente, já Crispin Glover (George McFly) simplesmente não quis participar do filme. Ele foi substituído por outro ator usando uma maquiagem como George velho. Até aí, tudo bem, mas Glover não gostou nada de ver cenas que filmou para De Volta para o Futuro inseridas na continuação sem sua autorização. Ele processou a Universal e ganhou. O caso se transformou em um marco na relação entre atores e estúdios, garantindo aos atores o direito de uso de sua imagem. Mesmo assim, não houve ressentimento entre Glover e Zemeckis. Eles voltaram a trabalhar juntos na animação A Lenda de Beowulf (2007).

Marty McFly quase foi à guerra

Divulgação

Na primeira versão do roteiro, antes de ir para 2015, Marty acabava sendo transportado para 1967, no auge da Guerra do Vietnã. E ele acaba preso por não estar com sua carteirinha de reservista do exército. A grande coincidência é que em agosto daquele mesmo ano de 1989, meses antes de De Volta para o Futuro 2 estrear, Michael J. Fox estrelou um filme chamado Pecados de Guerra (1989), de Brian De Palma, em que ele interpreta um soldado na Guerra do Vietnã.

Carros futuristas do passado

Reprodução/Montagem

Além do icônico DeLorean que ficou famoso por conta dos filmes da franquia, De Volta Para o Futuro 2 faz algumas homenagens a outros veículos que marcaram época em filmes de ficção científica, Caso do StarCar, de O Último Guerreiro das Estrelas (1984), que aparece em uma rua, e o Spinner, o marcou época em Blade Runner, O Caçador de Andróides (1982), que é mostrado apenas de relance no estacionamento de uma casa.

Não espere por um De Volta Para o Futuro 4

Mesmo com uma série de animação lançada em 1991 e um curta para comemorar a data em que Marty e Doc chegam ao futuro chamado Doc Brown Saves The World (que você pode ver acima), Zemeckis e Gale já deixaram bem claro que a saga de Marty McFly termina em De Volta Para o Futuro 3 (1990). Gale admitiu que o máximo que uma obra chegou de uma sequência ao filme de 1990 é o videogame em formato de série De Volta Para o Futuro - O Jogo (2010), em que ele participou como um dos roteiristas.