NOTÍCIAS
06/06/2020 13:47 -03 | Atualizado 06/06/2020 13:50 -03

Data das Eleições de 2020 será definida neste mês, diz Luís Roberto Barroso

Em entrevista à Agência Brasil, o presidente do Supremo Tribunal Eleitoral afirmou que as eleições devem ser remarcadas por causa da pandemia de coronavírus.

As Eleições municipais de 2020 podem ter o calendário alterado por causa da pandemia do novo coronavírus. As novas datas devem ser anunciadas ainda neste mês. As informações foram confirmadas pelo ministro do Supremo Tribunal Eleitoral, Luís Roberto Barroso em entrevista à Agência Brasil.

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e também um dos onze ministros Supremo Tribunal Federal (STF) é o responsável pelo pleito deste ano.

“Eu penso que ao longo do mês de junho a Justiça Eleitoral e o Congresso Nacional, numa interlocução construtiva, deverão bater o martelo acerca de novas datas se sepultarmos que isso seja indispensável”, afirmou.

Barroso também informou que não há interesse por parte dos ministros do TSE, da Câmara dos Deputados e do Senado Federal remarcar as eleições para 2021.

EVARISTO SA via Getty Images

Até o momento, o primeiro turno das eleições municipais deve acontecer no dia 4 de outubro de 2020. Neste ano serão eleitos novos prefeitos e vereadores. O segundo turno está previsto para o dia 25 de outubro de 2020.

Quando ainda era ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, defendeu que as eleições municipais deveriam ser adiadas pois a disputa eleitoral pode desviar o foco de prefeitos e vereadores na luta contra a covid-19.

“Faço aqui até uma sugestão. Está na hora de o Congresso falar: ‘adia’, faz um mandato tampão desses vereadores e prefeitos. Eleição no meio do ano... uma tragédia, por que vai todo mundo querer fazer ação política”, disse Mandetta em reunião com prefeitos das capitais no dia 22 de abril.

rodrigo gavini via Getty Images