Tamo Junto

Como dizer (educadamente) ao seu parceiro que você só precisa ficar sozinho

Pedir um tempo para si mesmo pode beneficiar o seu relacionamento.

O tempo para si mesmo (ou o “me time”) é extremamente importante para qualquer pessoa, inclusive para aquelas que vivem em relacionamentos. Mas para muita gente, ouvir as palavras “preciso de um tempo para mim” parece soar como uma ameaça.

“Para algumas pessoas, dar um espaço emocional ou se distanciar fisicamente do seu parceiro pode parecer uma rejeição ou um abandono doloroso”, argumenta Lee Land, psicólogo. Inevitavelmente, isso leva a uma dinâmica prejudicial de tensão entre o casal.

“Infelizmente, muitas vezes vejo uma dinâmica nos relacionamentos sob tensão, em que uma pessoa tenta afastar emocionalmente seu parceiro, o que leva a outra pessoa a tentar preencher a lacuna”, disse Land. ”É um cabo de guerra que causa dor e insatisfação.”

Isso cria uma situação complicada para o cônjuge que realmente precisa de um tempo sozinho: como você transmite a mensagem sem parecer que algo está errado? Como convencer seu parceiro de que uma dose de tempo sozinho é realmente benéfica para os dois?

Explique o que você quer dizer com “tempo separado” ou “espaço”

O “espaço” que muitos parceiros desejam é geralmente bastante modesto: você provavelmente não tem fantasias secretas para viver e certamente não está sugerindo um término real quando pede “espaço”. Às vezes, tudo o que você precisa é de uma tarde livre para fazer o que quiser, seja tomar café com calma lendo ou ficar à toa jogando videogame com os amigos.

“Ajude o seu parceiro a entender como surgiu essa necessidade: por apenas algumas horas, você deseja relaxar e fazer algo - algo que ele talvez não veja o mesmo valor”, diz Talia Wagner, terapeuta de casais.

“A chave para o sucesso com esses tipos de solicitações é a capacidade de ter empatia e vê-lo da perspectiva do outro, e não apenas da sua”, diz ela. “Você só conhece as suas experiências, pensamentos e sentimentos; portanto, quando seu cônjuge diz que eles precisam de um descanso ou um tempo afastado, você precisa confiar que ele conhece a si mesmo e seus limites.”

Ao honrar sua solicitação e compreender o seu tempo, o seu parceiro está aprendendo a ser melhor para você.

“Como companheiro, é seu trabalho dar suporte ao seu parceiro quando ele está se afogando na areia movediça”, diz Wagner. “Você vê como uma necessidade de ambos serem emocionalmente sólidos - mesmo que isso signifique dar espaço - e você o encoraja nesse sentido.”

"Se você perguntar com gentileza e enfatizar que é algo de que você precisa e se beneficiaria, isso ajuda bastante", diz Wagner.
"Se você perguntar com gentileza e enfatizar que é algo de que você precisa e se beneficiaria, isso ajuda bastante", diz Wagner.

Tudo é a forma como a gente fala com o outro

Embora não seja necessário abordar seu parceiro e seus sentimentos com luvas de pelica, seu tom e a escolha das palavras que você vai usar são importantes. Enquadrar essa solicitação da maneira certa pode ser a diferença entre o seu parceiro concordar com você e o fato de ver a pergunta como uma ameaça, diz Wagner.

“Se você perguntar de maneira gentil e enfatizar que é algo de que você precisa e se beneficiaria, isso ajuda bastante”, afirma. “Quando você entrega essas notícias em um tom acusatório ou frustrante, a mensagem raramente é recebida dessa maneira.”

Então, em vez de falar “Estou me sentindo exausto e sobrecarregado com tudo no trabalho e em casa. Eu realmente preciso de um tempo sozinho” - o que poderia causar ressentimento se o seu parceiro também se sentir exausto e oprimido -, tente enfatizar que seu parceiro também vai se beneficiar disso.

Wagner sugere dizer algo como: “Nós provavelmente precisamos de um tempo sozinhos. Só que um de nós reconheceu isso primeiro e decidiu falar sobre isso. Um pouco de espaço vai ser positivo para nós dois.”

Enfatize os benefícios do tempo separado

A realidade é que esse “respiro” pode trazer mais benefícios do que você imagina. O casal vai se fortalecer e cada um dos pares vai passar a enxergar o outro com novos olhos - e talvez, há aí uma oportunidade para que vocês experimentem novos contextos de desejo.

Entenda que essa necessidade pode ser algo natural da sua personalidade

Segundo Buehler, na maioria das vezes são os introvertidos que trazem esse problema à terapia. Um tempo sozinho pode fazer muito bem e recarregar as energias do cônjuge mais introvertido, mas muitas vezes é difícil para um cônjuge extrovertido compreender essa necessidade.

“Um introvertido realmente começará a murchar se não tiver tempo para sonhar acordado, ler ou fazer qualquer atividade silenciosa que quiser”, diz Buehler. “Se isso descreve você, explique isso ao seu cônjuge.” (Outros tipos de clientes que procuram Buehler com esse problema? Mães que trabalham.)

Um pouco de tempo separado pode ajudar os casais a se aproximarem, dizem terapeutas.
Um pouco de tempo separado pode ajudar os casais a se aproximarem, dizem terapeutas.

Faça questão de lembrar sempre ao seu parceiro que você o ama

Você pode atribuir parte da apreensão de seu parceiro sobre a sua necessidade de espaço se ele for mais apegado ou levar muito ao pé da letra os padrões de relacionamento. Quando pensamos em como fomos ensinados a nos relacionar emocionalmente e mostrar afeto a outras pessoas em nossa vida adulta, o apego é sempre uma característica presente.

Se alguém tem um estilo mais apegado e ainda é mais ansioso, é uma luta diária para ele se sentir seguro nos relacionamentos.

Se você acha que seu cônjuge tem essas características, é importante enfatizar que seu pedido de espaço não é uma sentença de morte para seu relacionamento. Você ainda ama seu parceiro, mas ser mais saudável significa que precisa de espaço para respirar de vez em quando, como explica Lee.

″É útil lembrar o outro sobre seus sentimentos de amor e desejo de conexão”, diz Lee. “Idealmente, as pessoas em relacionamentos íntimos podem passar um tempo separados enquanto ainda se sentem seguras e protegidas na conexão com seu parceiro”.

Deixe marcado o reencontro

Nada mais irá aliviar os medos do seu parceiro em relação ao seu pedido do que você voltar mais feliz, mais calmo e mais pronto do que nunca para dar toda a sua energia ao relacionamento e vida familiar.

Claro, de vez em quando, você precisa de um dia só seu, mas sempre vai retornar ao seu parceiro.

“Espero que seu parceiro veja que pode ser extremamente útil para pessoas em relacionamentos íntimos continuar a promover e desenvolver conexões saudáveis com outras pessoas”, diz Lee. “Para muitos parceiros, poder passar confortavelmente um tempo separado pode levar a reencontros que aprofundam e enriquecem os relacionamentos.”

*Este texto foi originalmente publicado no HuffPost US e traduzido do inglês.