ENTRETENIMENTO
25/03/2020 01:43 -03

'O povo não gostou de mim', lamenta Daniel ao ser eliminado do BBB

Ator gaúcho confessa que se precipitou ao revelar informações de fora da casa e que não imaginava que punições pegavam tão mal.

Reprodução
“Imaginei que pudesse sair por conta desse negócio de falar muita merda, de atitudes de criança", confessou o brother em bate-papo após sua eliminação com mais de 80% dos votos do público.

Com 80, 82% dos votos do público, o ator Daniel Lenhardt foi o 9º eliminado do Big Brother Brasil, chocando um total de sete pessoas. Contando com o próprio Daniel! “Não sei o que aconteceu”, disse o gaúcho ao apresentador Tiago Leifert assim que saiu da casa, sem entender nada.

Suas adversárias no Paredão, Ivy e Flayslane, obtiveram - de um total de 111 milhões de votos - míseros 9,64% e 9,54%, respectivamente.  

“O povo não gostou de mim, do meu jeito. Foi uma porcentagem de votos muito grande”, confessou Daniel à ex-BBB Ana Clara em um bate-papo no gshow logo após sair do reality, quando descobriu o tamanho de seu rejeição com o público. Porém, ele logo admitiu que não estava assim tão alheio à realidade: “Imaginei que pudesse sair por conta desse negócio de falar muita merda, de atitudes de criança... Isso passou pela minha cabeça”.

Perguntado sobre o que aconteceu na última Prova do Líder, que acabou levando-o direto ao Paredão por cair de forma bizarra de uma plataforma giratória, o ator voltou a se perder em seus pensamentos: “Foi uma vergonha! Uma idiotice que eu não sei o que aconteceu. Eu estava segurando e fui ficando um pouco tonto. Quando vi, já estava no chão. Não sei o que aconteceu”.

Aliás, nada fez muito sentido no jogo de Daniel, que se arrependeu de sua falta de estratégia: “Não tive estratégia. Quando saímos da Casa de Vidro, até a produção falou: ‘Tomem cuidado com as informações. Esperem conhecer as pessoas lá dentro’. Mas a nossa [dele e Ivy] boca é muito grande.”

“Foi um erro nosso. A gente tava tão fissurado nos comentários do povo. Na nossa cabeça a gente imaginava que o povo queria que a gente fizesse aquilo, falar o que eles queriam. Cheguei lá, vi e simplesmente saiu. Não foi uma coisa que a gente pensou. Deveria ter conversado com ela [Ivy] para ver quando falaríamos”, completou.

Sua aproximação com Marcela, revelando que o público estava com as mulheres na questão do famigerado “teste de fidelidade” proposto por alguns brothers, aliás, foi questionado por Ana Clara, que perguntou se o relacionamento com a médica não seria algo pensado.

“Esse foi um medo que eu tinha. Eu sei que as pessoas dentro da casa pensaram nisso. Mas nunca cheguei nela por interesse. Não tem como explicar. Não vou mentir que teve o negócio de avisar a Marcela. eu sei que o povo pensa isso, eu não sou bobo, mas tenho certeza que se não tivesse ido para a Casa de Vidro, me apaixonaria por ela do mesmo jeito. Desculpe se vocês acham o contrário, mas não foi isso”, explicou.

Outro fator colocado pela apresentadora foi quantidade absurda de punições que o ator levou por infrações no reality. Tanto que ele saiu da casa devendo 350 estalecas (o dinheiro do BBB). Algo que foi motivo de chacota por parte de Leifert e Ana Clara, que presenteou o brother com uma conta quilométrica com tudo que eles estava “devendo” para a produção do programa. “Tentei muito não perder estalecas, mas é difícil pra mim. É a cabeça que não ajuda. Eu não sabia que isso ia pegar tão mal com o público”, lamentou.