COMIDA
21/10/2019 02:00 -03

Corte seus gastos com alimentação pela metade, cozinhando em casa

Se você está farto de gastar a mais para comer em restaurantes, siga estas dicas para preparar sua própria comida e economize muito.

Os brasileiros andam comendo fora de casa mais do que nunca. Porém, embora seja ótimo poupar-se o trabalho de lavar a louça, os custos se acumulam. Os restaurantes inflacionam o custo de cada alimento em 300%, em média.

Comer fora quase sempre custa muito mais do que preparar sua comida em casa. Segundo a Pesquisa de Orçamentos Familiares, divulgada pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), as famílias brasileiras têm comido mais fora de casa e a comprado mais alimentos prontos, em vez de cozinhar em casa. A alimentação é a terceira despesa que mais pesa no orçamento familiar no País.

Não é preciso abrir mão completamente de comer fora, mas preparar sua própria comida em casa beneficia sua conta bancária, sendo uma das maneiras mais fáceis de poupar dinheiro. Veja como reduzir suas despesas cozinhando em casa.

Planeje seu cardápio semanal com base nos ingredientes que você já tem em casa

Rosemarie Groner, fundadora do site Busy Budgeter, sugere que você verifique tudo que tem na geladeira e no freezer e monte seu cardápio da semana a partir desses ingredientes. “Acrescentando apenas alguns poucos ingredientes extras, muitas vezes consigo baixar minha despesa de supermercado da semana para apenas cerca de US$20”, disse Groner em um post no Busy Budgeter. “O dinheiro extra que estava previsto para ser gasto com supermercado eu direciono para nossas metas de mais longo prazo, tipo poupança ou para saldar nossas dívidas.”

Substituições e omissões também ajudam em muito. Exemplo: se você vai fazer uma receita que pede cebolinha-branca, mas não tem o ingrediente em casa, use cebolas comuns. Se você não gosta de um tempero particular, simplesmente o omita. Não compre um vidro de um tempero que na prática você nunca vai usar.

Denis Tevekov via Getty Images
Uma despensa bem organizada facilita a visualização do que você tem em casa, de modo que você possa usar os ingredientes antes do prazo de vencimento.

Organize sua despensa. Ela é uma verdadeira mina de ouro.

Organizar sua despensa é uma maneira eficaz de poupar dinheiro e reduzir o desperdício. Jogue fora ingredientes com prazo vencido e doe os que não for usar. Organize os pacotes e recipientes para que fiquem claramente visíveis e estejam ao seu alcance fácil. Desse modo, quando estiver pronta para ir à cozinha você sempre saberá o que possui em sua despensa.

É claro que existem outras maneiras de organizar sua despensa. Sara Pederson, representante da Associação Nacional de Profissionais de Produtividade e Organização, recomenda o uso de recipientes que garantam o aproveitamento máximo de seu espaço disponível. Recipientes transparentes possuem a vantagem de expor mais ingredientes verticalmente, possibilitando uma utilização mais eficiente do seu espaço de armazenagem.

“Minha preferência pessoal é por cestas e recipientes de plástico transparente, do tipo que pode ser usado para finalidades diversas. Custam pouco (US$4 a US$7 cada), são duráveis – possuem todas as vantagens. E adoro o fato de serem altos. Acabe com o desperdício de seu espaço vertical!”, disse Pederson. Ela recomenda uma ida à loja do tipo 1,99 mais próxima para comprar recipientes e cestas plásticas diversas ou uma visita a um brechó.

O investimento inicial de tempo e possivelmente dinheiro valerá a pena diante das economias que você pode gerar minimizando o desperdício e utilizando o que você já tem em casa.

Não compre alimentos “de fantasia”. Opte pelas coisas que você come diariamente.

Se a sua preferência é por manteiga de amendoim e geleia, comece por isso. Ninguém está fazendo julgamentos.

“As pessoas precisam saber qual é a culinária de sua preferência, quer seja mexicana, italiana ou qualquer outra”, disse ao HuffPost a profissional culinária April Craig, dona da Life Mashed In. “Se sua preferência é por comida mexicana, não deixe de ter os ingredientes básicos em casa, como feijão preto e tomates; se você curte comida italiana, deixe sua despensa bem estocada com seus molhos e massas favoritos.”

Evite jogar dinheiro fora comprando ingredientes exóticos para uma receita que você só vai experimentar uma vez na vida. Por exemplo, em lugar de desembolsar US$8,50 por um vidrinho de molho de pimenta Armadillo Pepper, opte por uma marca mais conhecida e acessível como a Frank’s Red Hot, por apenas US$2,62.

Simplesmente faça.

Quando o assunto é cozinhar em casa, não se deixe intimidar.

“Não tenha medo de errar, simplesmente cozinhe. Talvez você prepare algo que não é perfeito, mas com a prática você vai ficar mais hábil”, disse ao HuffPost a vice-editora de comida do New York Times, Emily Weinstein.

O melhor é começar a cozinhar agora mesmo, onde você estiver. Ter ou não ter experiência na cozinha não tem grande importância. O importante é que você vai poupar dinheiro graças a seu esforço.

Uma reportagem da Forbes mostra que pedir comida de um restaurante para delivery em casa custa quase cinco vezes mais do que cozinhar uma refeição em casa. No caso das empresas que entregam refeições em casa regularmente a razão não é muito melhor: você ainda gastará três vezes mais com cada refeição do que se a preparasse pessoalmente. Portanto, algo tão simples quanto fazer um ovo cozido com pão torrado para o seu café da manhã pode ser o ponto de partida para você começar a economizar.

*Este texto foi originalmente publicado no HuffPost US e traduzido do inglês. 

Also on HuffPost