COMIDA
07/03/2019 17:22 -03 | Atualizado 07/03/2019 17:29 -03

Cliente mente em avaliação de restaurante e recebe resposta inusitada da dona do local

“Quando Jessica não retirou a avaliação e mandou nós nos fod*er e ‘fazer o que quiséssemos’, eu tomei seu conselho e decidi realmente fazer o que eu queria”, escreveu dona do estabelecimento.

Se você é dono de um empreendimento, sobretudo um restaurante, nem sempre é fácil lidar com avaliações dos clientes. Mas a empresária Geraldine Hernandez, dona da rede de empanas Savory Crust Gourmet Empanadas, em Illinois (nos Estados Unidos) soube tornar um comentário negativo e mal intencionado em um case de sucesso. 

Aberto há mais de dois anos, o estabelecimento colecionava comentários positivos em todos os canais de avaliações, como TripAdvisor e Yelp, assim como nas redes sociais. Há pouco tempo, porém, uma cliente escreveu uma o que nenhum dono de restaurante gostaria de ler: uma avaliação alegando intoxicação alimentar pela comida do local. 

No Yelp, a cliente chamada Jéssica afirmou que teve intoxicação alimentar por causa das empanadas que havia comido no local. Impressionada com o duro comentário, Hernandez analisou a postagem e a procurou para saber mais sobre o acontecido. A cliente, porém, não quis conversar com a empresária. “Ela não procurou ninguém do restaurante, e apenas postou o comentário extremamente negativo”, disse a proprietária ao relatar o ocorrido no Facebook do restaurante.  

Ao dar uma busca pelos comentários anteriores de Jéssica na plataforma de avaliação de restaurantes, Hernandez descobriu que a consumidora havia escrito diversos outros comentários negativos sobre outros restaurantes, revelando um histórico de difamação. Em mais de uma avaliação, a cliente acrescentou que tinha doença inflamatória intestinal (DII), um termo para condições como doença de Crohn e colite ulcerativa. Entre os sintomas comuns estão dores abdominais, diarreia, febre e perda de peso.

Ao responder o comentário de Jéssica, Hernandez questionou se sua intoxicação poderia ser resultado de sua condução, uma vez que ela tinha pedido empanadas de bacon e de Nutella, ingredientes gordurosos e pesados. Jéssica negou ter qualquer problema médico em sua avaliação e não quis mais conversar com a empresária. 

A dona do restaurante pediu então que ela removesse o comentário negativo, mas ela se recusou, sob xingamentos. Hernandez pensou em como virar o jogo da situação.

“Quando Jessica não retirou a avaliação e mandou nós nos fod*er e ‘fazer o que quiséssemos’, eu tomei seu conselho e decidi realmente fazer o que eu queria”, escreveu dona do estabelecimento.

No post no Facebook, Hernandez não só publicou toda a discussão com a cliente, mas também anunciou que o estabelecimento faria doações em dinheiro para a Crohn’s & Colitis Foundation (que atende pessoas que têm doença de Crohn e colite) e prometeu dar à instituição 10% do lucro líquido do mês inteiro de março.

“Nós não queremos difamar a cliente, pois somos melhores que isso. Mas queremos fazer algo de bom sobre esta história. Enquanto nos concentramos em fazer as melhores empanadas, desejamos à Jéssica tudo de bom e esperamos que ela possa obter a ajuda que precisa”, finalizou o post. 

A sinceridade e a sacada da empresária ao virar o jogo de uma situação negativa foi elogiada pelos clientes e demais usuários. 

“Uau! Vocês literalmente deram uma nova definição para ‘tomar o caminho certo’. Savory, vocês foram incríveis”, disse um usuário. “Excelente resposta!”, elogiou outro. “Vocês foram correta sobre esta história e eu aplaudo o trabalho de vocês nisto.”