COMIDA
10/09/2019 02:00 -03

4 benefícios do matchá para a saúde

Muito usado no Oriente, o chá matchá se popularizou nos últimos anos por seus poderes antioxidantes e termogênicos.

O matchá é um dos chás mais populares do momento. Muito usado no Oriente, principalmente em cerimônias no Japão, ele se popularizou no Ocidente nos últimos anos por seus poderes antioxidantes e termogênicos.

Extraído das folhas da planta Caméllia Sinensis, o matchá é um tipo de chá verde mais concentrado e hoje pode ser encontrado em bebidas quentes ou geladas, cápsulas ou no tradicional chá de infusão. Veja abaixo alguns deles citados pelo site HealthLine

AnnaPustynnikova via Getty Images

Melhora as funções cerebrais

Por conter L-Teanina, substância conhecida por diminuir o estresse e induzir o relaxamento, o chá é ótimo para combater a ansiedade e promover a concentração. A substância combinada com cafeína possibilita que o chá proporcione relaxamento sem causar sono.

Um estudo que envolveu 23 pessoas investigou seu desempenho cerebral após consumir uma dose do matchá. Eles foram comparados a um grupo de controle que tomou um chá ou barra de placebo.

Os pesquisadores descobriram que o grupo que consumiu matchá havia aumentado a atenção, o tempo de reação e a memória, em contraste com o grupo controle.

Fonte de antioxidantes

O matchá é rico em antioxidantes, que combatem os radicais livres nocivos no organismo e que danificam as células e causam doenças como câncer. Ele tem mais catequinas que o chá verde, por exemplo. 

Segundo um outro estudo sobre o chá, os suplementos de matchá dados aos ratos reduziram os danos causados pelos radicais livres e aumentaram a atividade antioxidante.

Protege o fígado

O fígado exerce um papel fundamental para a limpeza de toxinas do corpo. Diversos estudos realizados em humanos e animais mostram que o matchá ajuda a proteger o tecido do órgão

Um destes estudos revelou que o extrato de chá verde diminuiu significativamente os níveis de enzimas hepáticas.

Efeitos termogênicos

As catequinas e polifenóis presentes no chá aumentam sua ação termogênica e ajudam a acelerar o metabolismo. O matchá, neste quesito, é mais potente do que o o chá verde: sua concentração de catequinas é 137 vezes maior

Como preparar o chá e contraindicações

Para preparar o chá, ferva a água e espere um pouco antes de acrescentar a erva. 

Evite o consumo do chá com o estômago vazio, pois, assim como outras ervas verdes, ele possui taninos, uma substância que aumenta os ácidos estomacais. 

O chá também não deve ser consumido durante as refeições porque pode atrapalhar a absorção de ferro e cálcio pelo organismo. O ideal é tomar o chá entre as principais refeições e, se tiver problemas para dormir, evitar o consumo no período da noite.