COMPORTAMENTO
27/11/2019 03:00 -03

O casal mais velho do mundo revela o segredo de uma relação saudável

John e Charlotte Henderson se conheceram como estudantes em 1934.

Há aniversários e aniversários de casamento. No caso desse casal de americanos, o próximo 80º aniversário de John e Charlotte Henderson se encaixa na última categoria.

O casal celebrará oito décadas de casamento em 15 de dezembro, mas isso não é tudo: os dois pombinhos de Austin, Texas, acabaram de reivindicar o título do Guinness World Record do casal mais velho do mundo com 211 anos de idade. Acha pouco?

John, agora com 106 anos, conheceu Charlotte, agora com 105 anos, quando eram estudantes da Universidade do Texas em 1934. Na época, John fazia parte do time de futebol americano enquanto Charlotte estudava para se tornar professora.

Como eles dizem, foi praticamente um caso de amor à primeira vista: John olhou para sua futura noiva em uma sala de aula um dia e rapidamente percebeu que ela seria A garota.

“Charlotte olhou por cima do ombro e sorriu e eu sabia que queria convidá-la para um encontro”, contou em entrevista ao TODAY. “Ela estava ansiosa para eu perguntar a ela!”

Os Henderson, que não têm filhos, casaram-se cinco anos depois desse encontro. Eles disseram à CNN que gastaram um total de US$ 7 para alugar o quarto de hotel que passaram a sua lua de mel.

Nos últimos 10 anos, o casal mora em Longhorn Village, uma comunidade de aposentados em Austin. Eles ainda são grandes fãs de futebol americano e assistem às partidas juntos.

Quando questionados sobre qual seria a sua fórmula de amor, e também para tanta vitalidade, o casal não hesita em compartilhar.

“Vivemos com moderação”, explicou John. “Nunca exageramos em nada. Coma bem. Durma bem. Não beba demais. Não coma demais. E exercite-se regularmente.”

Charlotte também entrou na conversa, e disse que se casar os ajudou a passar 100.

“Nos divertimos muito quando John se aposentou. Nós viajamos muito”, disse ela. “Nós nos mantemos ocupados o tempo todo, e tenho certeza que isso ajuda a nossa saúde.”