NOTÍCIAS
26/05/2019 20:38 -03 | Atualizado 26/05/2019 20:51 -03

A manifestação pró-Bolsonaro em 15 cartazes

Passeata em São Paulo teve críticas ao centrão, pedido pela reforma da Previdência e apoio ao projeto anticrime do ministro Sergio Moro.

Os cartazes roubaram a cena da manifestação pró-Bolsonaro neste domingo (26) na Avenida Paulista, em São Paulo. As mensagens, em sua maioria alinhadas ao discurso do presidenteJair Bolsonaro, pediam a reforma da Previdência, criticavam o centrão (composto por deputados de partidos como DEM, PP e PSD), os ministros do STF (Supremo Tribunal Federal) e expressavam apoio ao mandatário. 

Selecionamos os 15 melhores. 

1. Houve apoio ao presidente

NELSON ALMEIDA via Getty Images

2. Desabafo

Grasielle Castro/HuffPost Brasil

3. Apoio às reformas

Grasielle Castro/HuffPost Brasil

4. Pedido para deixarem o presidente governar

Grasielle Castro/HuffPost Brasil

5. Crítica à imprensa

CARL DE SOUZA via Getty Images

6. Crítica aos parlamentares do centrão

Grasielle Castro/HuffPost Brasil

7. Crítica ao MBL

Grasielle Castro/HuffPost Brasil

8. Defesa do presidente

Grasielle Castro/HuffPost Brasil

9. Crítica ao STF

Grasielle Castro/HuffPost Brasil

10. Apoio às privatizações

Grasielle Castro/HuffPost Brasil

11. Mais crítica aos parlamentares

Grasielle Castro/HuffPost Brasil

12. Apoio à pauta do governo

Grasielle Castro/HuffPost Brasil

13. Slogan do presidente

Grasielle Castro/HuffPost Brasil

14 e 15. Cartazes com ironia

Grasielle Castro/HuffPost Brasil
Grasielle Castr/HuffPost Brasil

 

Atos ao redor do País

Nos 26 estados e no DF, brasileiros saíram às ruas em uma manifestação impulsionada pelo presidente Jair Bolsonaro. No Twitter, o presidente publicou fotos e vídeos do protestos e criticou aqueles que foram aos atos pedir o fechamento do Congresso.

“Há alguns dias atrás, fui claro ao dizer que quem estivesse pedindo o fechamento do Congresso ou STF hoje estaria na manifestação errada. A população mostrou isso. Sua grande maioria foi às ruas com pautas legítimas e democráticas, mas há quem ainda insista em distorcer os fatos”, disse. 

Na rede social, ele também enalteceu o caráter pacífico dos atos. Disse que o país “caminha cada vez mais para o amadurecimento de sua democracia, com representantes sensíveis aos anseios da sociedade”. 

Grupos que tradicionalmente apoiavam manifestações contra o PT e favoráveis a Bolsonaro como o MBL e o Vem Pra Rua não aderiram aos protestos deste domingo.