COMIDA
04/07/2019 02:00 -03

Como caminhar por 15 minutos após as refeições pode melhorar sua saúde

Estudos mostram que uma leve caminhada após o almoço e jantar é capaz de, entre outros, diminuir a glicose no sangue.

gbh007 via Getty Images

Depois de um dia longo e cansativo, a vontade de comer algo, se jogar no sofá e assistir Netflix até o sono bater é grande. Mas, vale um alerta: cada vez mais estudos comprovam os efeitos positivos de uma caminhada para nossa saúde, principalmente se ela acontecer após refeições, como almoço e jantar. 

Um dos maiores benefícios é a prevenção da diabetes tipo 2. Estudo da Escola de Saúde Pública da George Washington University mostra que fazer uma caminhada leve por 15 minutos após uma refeição pode reduzir o açúcar no sangue. E não só isso: os pesquisadores descobriram que estes passeios são mais efetivos para diminuir a glicose no sangue do que uma única caminhada de 45 minutos feita em horários alternativos, como de manhã ou à tarde. 

Isso acontece porque, segundo a pesquisa publicada no Diabetes Care, da Associação Americana de Diabetes, o sistema digestivo humano converte alimentos em glicose, que é uma das fontes de energias primárias do nosso corpo. Logo, após as refeições, o corpo terá uma dose extra de glicose. Já a insulina é o hormônio encarregado de levar a glicose para dentro das células, assim como de armazenar gordura.

Mas, para quem tem resistência à insulina ou diabetes, a glicose pode permanecer no sangue, o que causa ou contribui para doenças cardiovasculares, derrames, problemas renais e outros problemas de saúde. 

“A secreção da insulina em resposta à refeição tende a diminuir no final do dia, e isso acontece especialmente com pessoas mais velhas”, explica a professora Loretta DiPietro à revista TIME. O que acaba acontecendo é que nós tendemos a fazer maiores refeições à noite e a nos sentar depois. Como resultado, os níveis de glicose no sangue sobem muito e permanecem elevados por horas.

E é aí que entra a importância da caminhada após estas refeições. “Os músculos que usamos para andar também usam a glicose como fonte de energia, melhorando a circulação do sangue e reduzindo o açúcar nele”, disse Andrew Reynolds, pesquisador da Universidade de Otago, na Nova Zelândia, que publicou um estudo parecido em 2016

O estudo de Reynolds, divulgado na NHS (Serviço Nacional de Saúde do Reino Unido), revelou que andar por 10 minutos após as principais refeições resulta em maior queda de glicose no sangue do que uma única caminhada de 30 minutos em outros horários, para pessoas com diabetes tipo 2. 

O estudo, que envolveu 41 adultos, comprovou que fazer caminhadas leves e curtas, mas com maior frequência e após as refeições, reduziu a glicose no sangue por cerca de 12% a mais do que uma única caminhada de 30 minutos, feita em outro horário. 

Os maiores benefícios foram verificados na parte da noite, quando o consumo de carboidratos costuma ser mais alto e os participantes tendem a serem menos ativos. 

Além da diabetes... 

Os benefícios da caminhada após as refeições não se restringem à prevenção da diabetes. Além de diminuir a glicemia, ela ajuda na digestão e na manutenção da saciedade, o que contribui para a redução de peso. 

A jornalista Meghan Rabbitt publicou um texto em 2017 em que conta sua experiência ao caminhar após o jantar por um mês. No post, ela afirmou que os curtos passeios não só ajudaram na digestão, mas também melhorou sua qualidade de seu sono. 

Minhas caminhadas noturnas se transformaram em um horário nobre para fazer um balanço do que eu havia realizado naquele dia, o que estava em pauta para o próximo, e mentalmente priorizar o que tinha que ser feito. O resultado? Eu senti muito menos nervosismo quando deitava na cama, tendo a um sono mais tranquilo e manhãs mais calmas.”