Aprenda a fazer um café matador em casa com estas dicas de baristas

Café instantâneo, moído na hora ou o bom e velho pó comprado no supermercado: estes truques servem para todo mundo.

Muita gente não começa a funcionar antes da primeira xícara de café matinal. Mas, se você já está cansado do café que prepara, eis algumas maneiras simples para fazer um upgrade.

Você pode preferir café instantâneo, moído na hora ou o bom e velho pó comprado no supermercado, mas estes truques servem para todo mundo.

Pedimos conselhos a baristas e descobrimos que fazer um bom café realmente é uma arte.

Se você gosta de café instantâneo...

Hugo Hercod foi eleito melhor barista do Reino Unido em 2008, portanto sabe do que está falando. Ele diz que existem muitos ótimos cafés instantâneos hoje em dia e recomenda experimentar várias marcas – mas esteja preparado para gastar um pouco mais se quiser o melhor sabor.

“O ideal é procurar cafés de boa origem”, afirma ele. “Evite as grandes marcas, super torradas, que sempre vão ser um pouco amargas. Faço um café mais curto e forte; não uso água, só leite quente.”

Set Coffee Mug Vector Illustration Pop Art Style
Set Coffee Mug Vector Illustration Pop Art Style

Se você começa com os grãos...

Quando matemáticos, físicos e especialistas em materiais uniram forças para criar a fórmula da xícara de café perfeita, eles descobriram que uma quantidade menor de grãos, moídos de forma mais grosseira, era a chave para uma bebida “mais barata, mais consistente, e tão forte quanto qualquer outra”.

O estudo foi realizado porque o matemático Jamie Foster descobriu que, às vezes, duas doses de café espresso, aparentemente preparados da mesma maneira, podem ter sabor diferente.

Se preferir moer os grãos você mesmo, é importante obter a textura correta ― e o tipo de moagem varia dependendo do tipo de preparo.

Por exemplo, se você usa uma Aeropress, que força a água através do café e do filtro, o ideal é usar uma moagem média, aconselha Ariana Huecherig, gerente de operações da Perky Blenders Coffee Roasters. Se você usa uma prensa francesa, melhor usar uma moagem mais grosseira.

Quem usa uma máquina de café expresso ou uma cafeteira italiana deve optar por uma moagem mais fina. Se você faz pelo método de coar lentamente, como V60 ou Chemex, experimente uma moagem entre a média e a grosseira.

Também é importante saber que a umidade pode afetar seus grãos e, portanto, seu café, explica Daniele Taverner, um barista italiano que estudou a ciência do café no La Spaziale, Bolonha.

A umidade do dia pode afetar o sabor do café. Portanto, se você quiser usar 7 gramas de café moído para um café expresso, por exemplo, esses 7g podem conter mais ou menos café, dependendo da quantidade de umidade absorvida pelos grãos.

“Baristas profissionais sempre fazem ajustes minuciosos de acordo com as condições do dia, então o método para obter a xícara de café perfeita muda todos os dias”, diz ele.

Se você puder moer seus grãos só na hora de preparar o café, o resultado será melhor, acrescenta Taverner. Lembre que você não precisa de um moedor caro: você pode moer os grãos no liquidificador ou até mesmo com um pilão.

Happy smiling espresso coffee cup cartoon mascot character vector illustration
Happy smiling espresso coffee cup cartoon mascot character vector illustration

Se você tiver café moído...

Uma vez aberta a embalagem de café moído, Taverner, dono da sorveteria Gelato Village, em Leicester, recomenda armazenar o pó em um recipiente hermeticamente fechado, para reduzir os efeitos da umidade – isso evita a deterioração dos óleos contidos no café.

Se você fizer o café com coador, Huecherig recomenda “verter a água com cuidado, saturando o pó de maneira uniforme”. Assim você garante a completa extração dos sabores completa e uma xícara bem equilibrada.

As regras de ouro do café, independentemente do método...

Não importa se você esteja usando grãos, café em pó ou instantâneo: Hugo Hercod diz que usar água filtrada e um pouco antes da fervura é um primeiro passo essencial.

O barista diz que a água em alguns lugares pode ser muito calcária, o que vai interferir no sabor da bebida. “Um filtro simples funciona”. Quando se trata do leite, ele recomenda sempre o integral, pois o sabor da gordura é “crucial”.

Você deve colocar sal ou até mesmo manteiga no café, como sugerem alguns? “Não há dúvida de que uma pequena quantidade de sal pode amplificar as notas mais doces e reduzir o amargor”, diz Hercod. “Mas eu acho meio esquisito. Se você perguntar para qualquer chef, eles vão responder que manteiga e gordura melhoram o gosto de tudo. Mas há limites.”

Outra dica: não use água quente demais. “As papilas gustativas não conseguem perceber a doçura acima de uma certa temperatura, então deixe a água fervente esfriar por alguns minutos antes de despejá-la na xícara”, diz Hercod. “O ideal é que o café esteja entre no limite superior do morno.”

*Este texto foi originalmente publicado no HuffPost UK e traduzido do inglês.