Em 2021, o brasileiro quer sair um pouco de casa e viajar pra praia

Principalmente para o Nordeste. É o que apontam estudos divulgados nesta semana.

A pandemia do novo coronavírus parou o mundo e com isso as viagens internacionais diminuíram 70% em todo o mundo. É o que aponta um estudo da Organização Mundial do Turismo divulgada nesta semana. Os dados levam em conta os 8 primeiros meses do ano de 2020 em comparação com 2019.

Se o Hemisfério Norte do planeta segue vivendo a segunda onda da pandemia, com maiores restrições e um inverno que se aproxima, no Brasil as pessoas parece que estão voltando a pensar em viajar. É o que apontam duas pesquisas divulgadas nesta semana, uma pelo site Decolar e outra pelo Airbnb.

A cidade mais buscada pelos brasileiros no Decolar é Fortaleza, capital do Ceará.
A cidade mais buscada pelos brasileiros no Decolar é Fortaleza, capital do Ceará.

De acordo com o Decolar, os brasileiros já estão planejando suas viagens do que vem, com a região Nordeste do Brasil e a cidade de Orlando, nos EUA, como seus principais destinos. Isso já para as férias de janeiro.

As cidades mais buscadas neste momento são Fortaleza, Maceió, Recife, Rio de Janeiro, Natal, Salvador, Porto Seguro, São Paulo, Florianópolis e João Pessoa. Tirando a capital São Paulo, todas as cidades são de praia, o que promete tempos agitados no verão de 2021. O estudo levou em consideração as buscas no site com check-ins até o próximo dia 10 de janeiro.

São Miguel do Gostoso, no Rio Grande do Norte, é um dos destinos mais procurados pelos brasileiros no Airbnb.
São Miguel do Gostoso, no Rio Grande do Norte, é um dos destinos mais procurados pelos brasileiros no Airbnb.

Já o Airbnb divulgou um levantamento informando que os brasileiros passaram a buscar destinos como casas de campo e de praia em cidades de até 300 km dos centros urbanos, numa tentativa de conciliar férias e trabalho em home-office.

As 15 cidades mais buscadas pelos brasileiros para reservas em 2021 são: São Miguel do Gostoso (RN), Itacaré (BA), Domingos Martins (ES), Penha (SC), Angra dos Reis (RJ), Petrópolis (RJ), Carneiros (PE), Barreirinhas (MA), São Sebastião (SP), Ubatuba (SP), Piracaia (SP), Búzios (RJ), Paraty (RJ), Urubici (SC) e Ipojuca (PE).

Em comum nos dois estudos está a predominância de destinos de praia, principalmente no Nordeste. Ao que tudo indica, a pandemia está fazendo os brasileiros sentirem muitas saudades do mar.

Ouça o podcast Tamo Junto sobre memes e educação: