POLÍTICA
11/05/2019 17:59 -03

Bolsonaro: 'Nós vamos mudar o Brasil porque não fazemos parte do establishment'

Pelo Twitter, presidente defende que reforma da Previdência passe pelo Congresso sem 'tantas' alterações.

ASSOCIATED PRESS

O presidente Jair Bolsonaro recorreu ao Twitter neste sábado (11) para tratar da reforma da Previdência e para defender “os valores da população brasileira” na construção do futuro do País.

“Nós vamos mudar o Brasil porque não fazemos parte do establishment”, afirmou o presidente, atribuindo o atual cenário de recessão e desemprego, 5 meses após ter tomado posse, ao “Brasil de sempre”.  

Bolsonaro criticou a oposição e a mídia por “mentiras” que estariam disseminando contra o governo. Enalteceu a força da internet por manter os eleitores vigilantes sobre qualquer “pretensão ruim” na esfera pública.

O presidente destaca que deve prezar pela liberdade nas redes para que os brasileiros estejam cientes do que ocorre na política nacional e para evitar que “outras liberdades sejam atacadas às sombras”.

Mais cedo, Bolsonaro também tuitou que é preciso aprovar a reforma da Previdência “sem tantas modificações para que o mercado ganhe confiança no Brasil e possamos evoluir cada vez mais”.

A proposta ― a mais importante do ajuste fiscal que o governo pretende fazer ― está em debate na Câmara dos Deputados.

Na comissão especial, colegiado em que vai ser discutido o mérito do texto, tem havido pressão para alterações no conteúdo, como a retirada das mudanças na aposentadoria rural e no benefício de prestação continuada (BPC).

O presidente também usou o Twitter nesta manhã para exaltar medidas de desburocratização e a medida provisória da liberdade econômica que, segundo ele, acelera “a abertura de filiais estrangeiras no Brasil, caindo de 45 para 3 dias o prazo para o registro de de empresas”. “A medida busca melhorar o ambiente de negócios para atrair cada vez mais investimentos ao País”, disse.