POLÍTICA
20/04/2019 16:46 -03

Bolsonaro passa Páscoa em hotel militar com praia privada que hospedou Lula

Presença do presidente mudou não só esquema de segurança na região - foram feitas melhorias no sistema de fibra óptica, para levar tecnologia 4G ao local.

Reprodução/Facebook
Bolsonaro e a mãe, Olinda, no hotel de trânsito do Exército no Guarujá.

O presidente Jair Bolsonaro escolheu o litoral de São Paulo para descansar no feriado da Páscoa. Ele está hospedado no Hotel de Trânsito da sede da 1ª Brigada de Artilharia Antiaérea, no Guarujá.

O local recebeu o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e a esposa, Marisa Letícia, por seis vezes e tem uma praia privada, a de Monduba, segundo a Folha de S. Paulo. Por estar dentro de uma área militar, o acesso é limitado, permitindo a entrada apenas pela frente do Forte dos Andradas.

A suíte usada para receber autoridades hoje foi construída devido à constante presença de Lula no hotel enquanto era presidente. O local tem diferentes suítes, campo de futebol, piscina, banheira de hidromassagem e o quarto tem vista para o mar.

O esquema de segurança também mudou no local, e está sendo coordenado pelo Exército e pela Polícia Federal durante a estadia de Bolsonaro no feriado. Os espaços aéreo e marítimo foram restringidos na área até domingo.

A presença de Bolsonaro também provocou mudanças para a região. De acordo com o G1, técnicos terceirizados de uma empresa de telefonia fizeram reparos na rede de internet que só tinha tecnologia 3G. Foram feitas melhorias no sistema de fibra óptica, transformando a tecnologia em 4G, na última quinta-feira (18).

O presidente tem aproveitado os dias de descanso com familiares. Nesta sexta-feira (19), ele publicou uma foto com a mãe, Olinda Bolsonaro, de 93 anos.

Ao voltar para o hotel após jantar na sexta, Bolsonaro disse que deve retornar a Brasília no domingo (21). “Não estou pegando praia. Não tem sol. Estou dando um passeio por aí, dando uma mergulhada, coisa que não fazia há muito tempo”, disse a jornalistas.

Um dos filhos do presidente, o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) compartilhou no Twitter um vídeo que parece ter sido gravado neste feriado.