POLÍTICA
09/08/2019 14:08 -03 | Atualizado 09/08/2019 14:59 -03

Bolsonaro sugere 'fazer cocô dia sim, dia não' para ajudar meio ambiente

O presidente, que tem 5 filhos, também defendeu o planejamento familiar para controlar a população na Terra.

ASSOCIATED PRESS

O presidente Jair Bolsonaro acrescentou um novo fator na equação que tenta equilibrar o desenvolvimento econômico e a preservação ambiental no País. Nesta sexta-feira (9), Bolsonaro sugeriu que um repórter “fizesse cocô dia sim, dia não” para ajudar na preservação do meio ambiente. 

Questionado se seria possível equilibrar o crescimento da economia com a sustentabilidade, Bolsonaro respondeu em tom irônico.

“Você fala para mim em poluição ambiental. É só você fazer cocô dia sim, dia não, que melhora bastante a nossa vida também”, declarou.

Ainda, o presidente sugeriu que o jornalista diminuísse a sua ingestão de alimentos diária para diminuir o impacto ambiental.

″É só você deixar de comer um pouquinho”, afirmou. 

Na mesma fala, o chefe do Executivo defendeu a política de planejamento familiar para controlar o crescimento populacional e diminuir a poluição na Terra.

Segundo ele, a quantidade de filhos de cada família é inversamente proporcional à formação cultural dos pais. Ainda, disse que ele, que tem cinco filhos, seria uma “exceção”.

“Agora, o mundo, quando eu falei que cresce mais de 70 milhões por ano, precisa de uma política de planejamento familiar [...] Você olha que as pessoas que têm mais cultura, têm menos filhos. Eu sou uma exceção à regra, tenho cinco. Mas como regra é isso”, completou.