POLÍTICA
09/02/2019 13:32 -02 | Atualizado 09/02/2019 13:44 -02

Bolsonaro anuncia general Jesus Corrêa como presidente do Incra

Presidente divulgou nome do general Jesus Corrêa em seu perfil do Twitter neste sábado (9).

Agência Brasil
General Jesus Corrêa (à direita) já foi comandante da 11ª Região Militar e de diretor de Controle de Efetivos e Movimentações do Exército.

O presidente Jair Bolsonaro anunciou na manhã sábado (9) em seu perfil do Twitter que o general do Exército Jesus Corrêa é o novo presidente do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra). 

“Tenho a satisfação de anunciar o General de Exército Jesus Corrêa como novo Presidente do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra)”, escreveu o presidente na rede social.

Corrêa já ocupou as funções de comandante da 11ª Região Militar e de diretor de Controle de Efetivos e Movimentações do Exército.

O Incra, que é responsável por executar a reforma agrária e o ordenamento fundiário nacional, pertencia à estrutura do Ministério da Casa Civil.

Desde o início do governo Bolsonaro, a instituição passou a ser subordinada ao Ministério da Agricultura. 

Além da reforma agrária, o órgão também é responsável pela demarcação de terras quilombolas.

Durante a campanha eleitoral do ano passado, Bolsonaro criticou a demarcação de terras indígenas e quilombolas.

Ele também defendeu classificar como terrorismo a invasão de terras realizada pelo Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-Terra (MST) e rejeitou dialogar com o grupo.

Militares no governo

Jesus Corrêa se torna mais um militar a fazer parte do governo Bolsonaro, que é capitão do Exército na reserva.

Entre os militares que compõem o governo estão, por exemplo, os generais Augusto Heleno, ministro do Gabinete de Segurança Institucional (GSI); Carlos Alberto Santos Cruz, ministro da Secretaria de Governo, e Hamilton Mourão, vice-presidente da República. Os ministros do GSI e da Secretaria de Governo têm seus gabinetes no Palácio do Planalto.

 (Com informações da Reuters)