POLÍTICA
23/01/2019 16:15 -02 | Atualizado 23/01/2019 16:22 -02

Bolsonaro encerra assessoria de imprensa internacional e filho promove perfil de aliado em inglês

Autor de perfil que legenda posts de Bolsonaro em inglês encontrou com o presidente em Davos.

Estrutura enxuta. Sob esse argumento, o presidente Jair Bolsonaro comemorou no Twitter, nesta quarta-feira (23), o encerramento do contrato com uma empresa que fazia a assessoria de imprensa do Planalto na área internacional.

O contrato com a agência de comunicação CDN, que cuidava da relação do governo com a imprensa estrangeira, teria que ser renovado ainda em janeiro, e o ministro da Secretaria de Governo, general Carlos dos Santos Cruz, anunciou na terça (22) que Bolsonaro não o faria.

Bolsonaro legendado

A decisão do ministro da Secretaria de Governo ocorreu no mesmo dia em que o filho do presidente Eduardo Bolsonaro divulgou a conta no Twitter @BolsonaroSub como opção para que, no exterior, as pessoas não caíssem mais em “fake news” sobre o governo de seu pai.

O perfil - que também tem um canal no Youtube e foi criado em 15 de janeiro - traz informações sobre Bolsonaro em inglês e traduz tuítes do presidente.

“A conta @BolsonaroSub foi criada para reverter as fake news do Brasil. Os grandes veículos de comunicação contam, óbvio, com melhor estrutura do que a de apoiadores voluntários da internet, por isso no exterior é comum pessoas acreditarem nas fake news. Precisamos reverter isso!”, escreveu Eduardo. 

O autor do perfil enaltecido por Eduardo é Luiz Hiram Fonsi Galdino Torres. Antes de mudar para a Suíça, Hiram trabalhava no Clube e Escola de Tiro .38, em Santa Catarina, onde conheceu Eduardo e Carlos Bolsonaro. Os filhos do presidente são frequentadores do local. Em março do ano passado fizeram no Clube .38 um curso de tiro com instrutor da SWAT.

Hiram relatou, em seu perfil pessoal no Twitter, o encontro com Eduardo e o presidente.