NOTÍCIAS
07/10/2020 19:41 -03 | Atualizado 07/10/2020 19:48 -03

Bolsonaro: ‘Acabei com a Lava Jato porque não tem corrupção no governo’

O presidente foi aplaudido. No entanto, a prerrogativa para colocar um fim na operação não é do governo, mas da Procuradoria-Geral da República.

Andressa Anholete via Getty Images

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta quarta-feira (7) que “não existe mais corrupção no governo” e que, por isso, a Operação Lava Jato acabou. A declaração foi seguida de aplausos.

″É um orgulho, uma satisfação que eu tenho de dizer a essa imprensa maravilhosa nossa, que eu não quero acabar com a Lava Jato... Eu acabei com a Lava Jato porque não tem mais corrupção no governo. Eu sei que isso não é virtude, é obrigação. Para nós, fazemos um governo de peito aberto”, disse, em cerimônia no Palácio do Planalto.

A prerrogativa de colocar um ponto final na operação, no entanto, não é do presidente. A investigação não é política do governo. O órgão responsável pela Lava Jato é o Ministério Público Federal, hoje sob chefia do procurador-geral da República, Augusto Aras. 

A fala do presidente ocorreu logo após ele indicar um amigo para o Tribunal de Contas da União. Para a vaga de José Múcio Monteiro, ele escolheu o ministro da Secretaria Geral, Jorge Oliveira. 

A declaração gerou reações no Twitter.

A Operação Lava Jato está em andamento há mais de 6 anos no País. Seu principal trunfo foi desvendar um complexo esquema de corrupção envolvendo a Petrobras, com ramificações em diversos setores e desdobramentos que atingiram centenas de alvos, incluindo empreiteiras, políticos, doleiros.

Eleições nos EUA
As últimas pesquisas, notícias e análises sobre a disputa presidencial em 2020, pela equipe do HuffPost