ENTRETENIMENTO
07/07/2019 08:29 -03

Como é ser ator mirim na série ‘Big Little Lies’

Os gêmeos Cameron e Nicholas Crovetti brincam com Nicole Kidman e Meryl Streep. Tudo bem ficar com inveja.

Illustration: Damon Dahlen/HuffPost; Photos: Getty
Nicholas e Cameron Crovetti fazem os papéis de Max e Josh Wright, respectivamente, em Big Little Lies.

Com apenas 8 anos, os gêmeos Cameron e Nicholas Crovetti conseguiram os papéis de uma vida: eles são os filhos de Nicole Kidman e Alexander Skarsgård, Josh e Max Wright, na série da HBO Big Little Lies, produzida por Kidman e Reese Witherspoon.

A série, que também conta com Laura Dern, Shailene Woodley e Zoë Kravitz no elenco, conta a história de cinco mães envolvidas na investigação de um assassinato na rica cidade de Monterey, na Califórnia. No final da primeira temporada, fica claro que a investigação se concentra na morte do personagem de Skarsgård, Perry Wright, que abusava da mulher, Celeste (Kidman), e atacou sexualmente Jane (Woodley).

A série estreou em fevereiro de 2017 e foi sucesso absoluto de público e crítica, recebendo 16 indicações para o Emmy – das quais oito foram vitoriosas, incluindo Melhor Minissérie, Melhor Ator para Skarsgård e Melhor Atriz para Kidman. A ideia inicial era fazer somente uma temporada, mas o sucesso na premiação garantiu uma continuação.

A nova temporada, que estreou este mês, explora o trauma emocional das cinco de Monterey e de seus filhos, depois da morte de Perry. Com a adição de Meryl Streep ao elenco (no papel de Mary Louise, a mãe de Perry), as apostas são ainda mais altas.

Em termos de suas experiências pessoais, os irmãos Crovetti entendem o lado sombrio da série graças à mãe, Denise, que foi atriz da Broadway e terapeuta familiar antes de tornar-se coach dos gêmeos e da sua filha, Isabella. Denise está no set em todas as cenas para explicar o conteúdo adulto da série de maneira que as crianças entendam.

“Como ator, você tem de conhecer seu papel e saber por que seu personagem está sentindo aquilo. Os meninos sabiam o que Perry fez e o que ele estava fazendo com Celeste”, disse Denise Crovetti ao HuffPost. “Tudo foi explicado de maneira adequada para uma criança de oito anos, quando eles gravaram a primeira temporada. Na segunda, quando eles tinham 10, deu para explicar ainda mais a dinâmica do abuso doméstico e como ser parte de uma família daquelas afetaria os personagens deles.”

Mas é claro que não deve ser fácil para Denise ver seus filhos naquelas cenas, especialmente quando se leva em conta a gravidade da situação. “Choro toda vez que assisto”, admite Denise, “em parte porque são meus filhos e em parte por ver Josh e Max passando por aquilo tudo”.

Denise Crovetti ressalta o orgulho que sente de Cameron e Nicholas, que, como os outros atores mirins da série, trabalham tão duro quanto seus colegas adultos, mas com menos reconhecimento. “Fico atrás das câmeras e vejo ótimas atuações”, diz ela. “Sinto orgulho da capacidade deles de demonstrar emoções e de ser sinceros.”

Deve ser por isso que de vez em quando ela deixa os filhos assistirem Big Little Lies.

“A gente não assistiu à primeira temporada porque não era coisa para criança”, disse Nicholas em entrevista ao HuffPost. “Mas, na segunda, podemos assistir porque somos um pouco maiores.”

“Nossa mãe assiste antes e cobre nossos olhos quando a gente não pode ver”, completa Cameron.

Leia abaixo a conversa com os gêmeos. Eles falam sobre trabalhar com Kidman e Streep e explicam como a mãe os ajuda a entrar no personagem nas cenas mais emocionalmente carregadas.

HBO
Os irmãos Crovetti com Nicole Kidman em Big Little Lies.

HuffPost: Vocês trabalham com Meryl Streep na segunda temporada. Que tal?

Cameron Crovetti: Foi incrível. Ela é muito legal!

Nicholas Crovetti: Achei incrível trabalhar com todas essas mulheres. Nicole e Meryl são muito muito legais.

Cameron: É, foi uma experiência incrível. Elas são muito generosas e me ajudaram muito.

 

Vocês sabiam quem era Meryl Streep antes de filmar essa temporada ou tiveram de pesquisar?

Nicholas: Antes eu não sabia quem ela era. Minha mãe falava tipo: “Você vai trabalhar com Meryl Streep!” E eu: “Pera, quem é Meryl?” E aí minha mãe mostrou O Diabo Veste Prada e A Morte Lhe Cai Bem, e a gente: “Ah, que demais trabalhar com ela!” A gente adorou esses filmes, são muito bons.

 

Vocês assistiram algum outro filme dela?

Cameron: Assistimos Mamma Mia!: Lá Vamos Nós de Novo.

Nicholas:  Adoramos os filmes e ficamos muito empolgados para conhecê-la.

 

Como vocês se conectaram, sabendo que ela seria a avó de vocês na série? Vocês passaram um tempo juntos?

Nicholas: Sim. Quando a conhecemos ela entrou e a gente nem reconheceu, porque ela estava de peruca e dentes postiços, e a gente pensou: “Quem é?” Ela sentou, se apresentou e nos deu um Jenga [jogo de empilhar peças de madeira] de presente. A gente jogou juntos.

 

Nicole Kidman estava lá também?

Ambos: Não, só a gente.

Nicholas: Meryl estava de dentes postiços e a gente também, então a gente falou disso, foi muito engraçado.

 

Como é atuar com dentes postiços?

Nicholas: No começo foi difícil. A gente tem de treinar falar, comer, porque na primeira cena que fizemos a gente estava comendo pizza. Fica tudo grudado nos dentes postiços, foi nojento. Mas deu certo. E a gente tinha de falar. No começo você assobia!

 

Vida de ator é assim, né?

Ambos: [Risos]

HBO
Meryl Streep como Marie Louise Wright.

Vocês também trabalharam com Nicole, outra atriz maravilhosa. Vocês viram algum filme dela?

Nicholas: Sim, As Aventuras de Paddington. Também vimos Os Outros.

Cameron: É, esse deu medo. [risos]

Nicholas: Fomos convidados para a estreia de Aquaman e vimos o filme com ela [Kidman atua em Aquaman]. Foi muito legal. Mas quando a conhecemos pela primeira vez eu pensei: “Peraí, acho que te conheço de algum lugar!” E aí lembrei: “Aaaah, você está em As Aventuras de Paddington. Você é a vilã!” E ela: “Arrã!”

 

Como vocês se conheceram antes da primeira temporada?

Cameron: Na primeira temporada ela nos convidou para ir à casa dela antes de começarem as gravações. A gente conheceu as filhas dela (Sunday e Faith Urban). Ainda estamos em contato. Às vezes ela convida a gente para brincar com as filhas dela. E quando ela foi ao Emmy ela fez uma festa e chamou todas as crianças de Big Little Lies. Ela é muito legal.

 

Nicole disse que suas filhas fazem uma ponta na segunda temporada, é verdade?

Cameron: Sim! Na cena da sala de aula, quando eu digo: “E sobre o meu pai que morreu?”, quando todo mundo está sentado em uma roda, Faith estava do meu lado. E elas também fizeram outras cenas.

Nicholas: Foi muito legal.

Cameron: É, a gente conversa durante a gravação e fica junto.

Nicholas: Ainda estamos em contato com elas porque vamos sempre na casa delas para brincar. Quando Nicole faz alguma festa, ela nos convida.

 

Parece muito divertido. Aposto que elas gostaram de ter amigos no set.

Nicholas: Na primeira vez na escola a gente ficou tipo: “Olha, elas estão aqui”. A gente conversou e brincou juntos. Foi muito legal.

HBO
Faith Urban e Cameron Crovetti.

É legal que vocês conseguem relaxar e curtir a experiência, porque vocês sabem que a série trata de alguns assuntos pesados e adultos.

Nicholas: Sim, todo mundo é muito legal, Nicole e Meryl são as pessoas mais legais que eu já conheci. Todo mundo no set, todo mundo é muito legal com a gente e com os outros.

Cameron: Todo mundo está sempre de bom humor e é legal e sabe quando ficar sério para fazer a cena. Foi uma experiência muito boa para a gente. Todo mundo é muito incrível.

 

Sim, é um privilégio trabalhar com esses atores. O que vocês aprenderam com eles?

Cameron: No primeiro episódio, na cena em que Meryl grita, ela nos ensinou que, mesmo quando a câmera não está apontada para você, você tem de ficar atento e dar seu melhor. Quando a câmera estava apontada para ela e ela gritou, ela deu o melhor. Mas quando a câmera não estava apontada para ela, ela também deu o melhor. Ela nos ensinou que assim você ajuda os outros atores.

 

Sim, é importante ficar no personagem durante a cena. Ela ensinou isso para vocês quando vocês estavam fazendo Max e Josh?

Nicholas: Com certeza. Lembro uma vez que chegamos na casa, ela estava no personagem e disse: “Oi, Max e Josh!” Foi muito engraçado. Aí a gente também estava no personagem enquanto se preparava para gravar. A gente conversava como Max e Josh e Meryl falava como Mary Louise.

Cameron: É, mesmo antes de começar a filmar ela falava com a gente como se a gente fosse Max e Josh. E na cena em que ela conhece Ziggy pela primeira vez, ela nem conheceu [o ator, Iain Armitage] antes. Eles se conheceram no dia da cena.

 

Provavelmente ela não queria conhecer Iain, que faz Ziggy, antes, para que o momento fosse autêntico.

Nicholas: É, eles não se conheciam. Ela queria conhecer pela primeira vez na filmagem para ser super real.

 

Como foi aquela cena para vocês, quando vocês descobrem que Ziggy é seu meio irmão e vocês vão à casa dele?

Cameron: Não conversamos com Iain quando fizemos a cena. Minha mãe puxou a gente de lado, porque ela era atriz e nos ajuda em todas as cenas, e disse: “Como vocês se sentiriam se tivessem um outro irmão? Seria muito emocionante, porque vocês acabaram de descobrir”. Isso ajudou. Quando a gente vê o Iain [como irmão] pela primeira vez, parece muito real.

HBO
Nicole Kidman e Shailene Woodley com Iain Armitage e Nicholas e Cameron Crovetti.

Sua mãe ajuda nas cenas mais complicadas, para vocês entenderem o que estão tentando mostrar?

Cameron: Sim. Quando a gente fez a cena em que eu e meu irmão estávamos brigando [segundo episódio da nova temporada], nossa mãe chamou a gente de lado e disse: “Vocês perderam o pai de vocês e todo mundo ainda tem pai. Vocês estão muito tristes”. A gente ficou bem triste. Na hora da cena a gente estava brigando de verdade. Ele acertou meu braço e ficou doendo a cena inteira, mas a gente continuou filmando. E quando Nicole abraçou a gente foi muito emocionante. Se você assistir vai perceber que estou segurando o braço porque Nicky me acertou pra valer [risos]. Isso foi uma grande lição.

 

Você sentiu a mesma coisa, Nicky? Brigar com Cameron naquele momento provavelmente foi difícil, mas você tem de lembrar que é só atuação.

Nicholas: É. Nossa mãe nos chamou e falou que [o pai de Max e Josh] tinha morrido, então a gente ficou muito triste e começou a brigar. E Nicole tenta me acalmar, aí me derruba no chão. Tinha um colchão, mas parece muito real quando você assiste. Mas eu caí num colchão!

 

É, essa cena foi muito intensa. Vocês também conversaram com Nicole para entender o que estava acontecendo com os personagens?

Nicholas: Sim, com certeza. Ela disse que ia me jogar no colchão e que não ia machucar. E não teve dublê naquela cena.

 

Impressionante! Apesar de vocês serem gêmeos, a relação de Max e Josh provavelmente é diferente da de vocês na vida real... Como é interpretá-los?

Nicholas: Acho que Max e Josh são meio parecidos com a gente na vida real porque a gente também briga bastante. E eles são engraçados e legais...

Cameron: Tipo, eles são parecidos com a gente porque obviamente são gêmeos, e nós somos gêmeos e brigamos como irmãos, normal. Mas eles são diferentes.

 

E eles não têm outros irmãos, mas vocês têm uma irmã, certo?

Cameron: É, a gente tem uma irmã [Isabella Crovetti], que também é atriz. Ela foi a Vampirina num programa da Disney e também aparece [no desenho] Shimmer e Shine.

 

Ela ajuda vocês a interpretar Max e Josh, dá algum conselho?

Cameron: Ela nos ajudou quando estava no set, ajudou nossa mãe a repassar tudo com a gente.

[Meryl] nos ensinou que, mesmo quando a câmera não está apontada para você, você tem de ficar atento e dar o melhor. Cameron Crovetti.Cameron Crovetti

Vocês esperam que tenha outra temporada de Big Little Lies?

Nicholas: Sim, com certeza. Talvez tenha! A gente quer muito fazer.

Cameron: A gente encontraria todo mundo de novo. Seria demais!

 

Imagino que vocês sejam muito próximos depois de fazer a série juntos.

Cameron: Sim, todas a crianças ficaram amigas e encontramos sempre a família de Ivy [George] porque eles moram perto da gente. Também encontramos Chloe [Coleman] e Darby [Camp] quando eles estão na cidade. A gente estava em Nova York e encontrou Iain. Foi legal!

Nicholas: Depois que a gente filmou a primeira temporada, a gente encontrou o Iain de novo porque a gente estava fazendo uma sessão para a Ralph Lauren e Iain estava gravando outra coisa em Nova York. A gente visitou ele e passeou.

 

Quais são os objetivos de vocês para o futuro? Sei que vocês também fazem ginástica olímpica e jogam futebol. Vocês pensam em ser atletas profissionais ou atores?

Nicholas: Quero ser ator por mais um tempo, mas quando crescer quero estudar medicina e ser neurocirurgião.

Cameron: Eu quero continuar. Quero ser diretor e produtor e também atuar.

 

Então você precisa conversar com Nicole e Reese para pegar umas dicas de como ser produtor e ator.

Cameron: Sim! [risos]

*Este texto foi originalmente publicado no HuffPost US e traduzido do inglês.