NOTÍCIAS
02/10/2019 13:46 -03

Após passar por câncer de mama, pai de Beyoncé quer ajudar outros homens com a doença

Nos Estados Unidos, o risco da população masculina contrair a doença é cerca de 1 em 1.000.

Reprodução/Good Morning America
Mathew Knowles, de 67 anos, ao lado da cantora Beyoncé; imagem de arquivo exibida no "Good Morning America", da ABC, nos Estados Unidos.

Mathew Knowles, de 67 anos, pai da cantora Beyoncé, revelou em na edição do Good Morning America ― programa de entrevistas norte-americano da rede ABC ― desta terça-feira (2), que foi diagnosticado com câncer de mama.

Knowles conta que, em uma ocasião, percebeu uma pequena mancha de sangue em sua camisa. “Eu contei para minha esposa e ela disse, ‘sabe, eu vi um monte de sangue no lençol’, então eu imediatamente fui ao médico”, disse ele que é casado com Gena Charmaine Avery, sua segunda esposa.

Após fazer exames, o empresário revelou que o diagnóstico era de câncer de mama mesmo e que isso o surpreendeu. “De todas as coisas que eu poderia ter, por que eu tive isso? Da perspectiva de um homem, fiquei pensando, ‘Por que eu?’”, disse Knowles ao apresentador Michael Strahan.

De todas as coisas que eu poderia ter, por que eu tive isso?Mathew Knowles

A informação chama a atenção para o fato de que, apesar de a doença ser mais incidente entre mulheres e ser caracterizada como maior causa de morte delas, o câncer de mama também atinge os homens, mesmo sendo raro.

Nos Estados Unidos, o risco da população masculina contrair a doença é cerca de 1 em 1.000. Já no Brasil, a incidência em homens é tão rara e pouco frequente que não entra nas estimativas de casos diagnosticados pelo Instituto Nacional de Câncer (Inca). Em 2016, 16.254 pessoas morreram por conta de câncer de mama no país, sendo 16.069 mulheres e 185 homens.

Com baixa incidência, homens tendem a acreditar que este tipo de doença não os atingirá ao longo da vida ― o que pode dificultar o tratamento. Quando diagnosticado precocemente, existe 95% de chance de cura.

Testes genéticos mostraram que Mathew tem o chamado gene “BRCA2 mutado”, que também o coloca no grupo de risco para o câncer de próstata, de pâncreas e melanoma. “O resto da minha vida terei que estar atento e fazer toda a detecção precoce”, afirmou. “Mamografias, exames de próstata, ressonância magnética constantes pelo resto da minha vida. 

Parei de beber. Eu queria apenas ter um atestado de saúde limpo e fazer coisas, me exercitar, meditar... apenas vejo o mundo de maneira diferenteMathew Knowles

Ele, que se divorciou de Tina Knowles, mãe de Beyoncé, em 2011, afirmou que o apoio da família foi fundamental para que ele se sentisse mais seguro. Porém, uma outra notícia veio. ”É genético. Isso também significa que meus filhos têm uma chance maior, um risco maior. Até meus netos têm um risco maior. E eles lidaram com isso como deveriam. Eles foram e fizeram o teste”.

Não foram divulgadas informações sobre o tipo de nódulo, tratamentos que foram feitos ou outros procedimentos. Mas Knowles afirmou que, quase três meses após a cirurgia, que foi realizada em em julho, está se sentindo muito bem. “Parei de beber. Eu queria apenas ter um atestado de saúde limpo e fazer coisas, me exercitar, meditar... apenas vejo o mundo de maneira diferente”.

Agora, ele deseja encorajar homens a falar sobre o assunto.

“Aprendi novamente que os números de homens com câncer de mama não são adequados porque não temos homens suficientes que se apresentem para fazer o exame”, desabafou. “Espero que o fato de eu vir aqui hoje falar, faça com que as pessoas saibam que você pode sobreviver a isso, mas tem que ser uma detecção precoce. E nunca é demais enfatizar demais a palavra “cedo””.