ENTRETENIMENTO
12/08/2019 10:40 -03 | Atualizado 12/08/2019 10:54 -03

'Bacurau' é destaque de maratona de cinema nacional em São Paulo

Vencedor do prêmio do Juri do último Festival de Cannes é a principal atração da nova edição do Noitão do Petra Belas Artes.

Divulgação
Cena de Bacurau, primeiro filme brasileiro a ganhar o Prêmio do Juri do Festival de Cinema de Cannes.

Prêmio do Juri do último Festival de Cinema de Cannes, o aguardado Bacurau, de Kleber Mendonça Filho e Juliano Dornelles é o destaque da nova edição do Noitão do Petra Belas Artes, que acontece nesta sexta (16).

Além de Bacurau, que estreia no circuito no dia 29 de agosto, a maratona cinéfila exibe novos clássicos do cinema nacional, como Cidade de Deus (2002), de Fernando Meirelles; Carandiru (2003), de Hector Babenco, e o tradicional “filme-surpresa”, que o público conhece apenas na hora da sessão.

Rodado no Sertão do Seridó, divisa do Rio Grande do Norte com a Paraíba, Bacurau é um filme de aventura ambientado no Brasil ‘daqui a alguns anos’, e conta a história de um povoado que some do mapa após o falecimento de uma de suas moradoras mais queridas, Dona Carmelita, aos 94 anos. Quando uma série de assassinatos misteriosos começa a acontecer, os moradores da cidade se unem para tentar reagir a um inimigo “não identificado”

Os ingressos, que custam R$ 38, podem ser adquiridos na bilheteria do cinema ou no site do Petra Belas Artes. Como é de praxe no Noitão, os “sobreviventes” da sessão tripla ganham um café da manhã.

Veja aqui a programação completa:

Sala 1
23h59 – Bacurau (Dir. Kleber Mendonça, 2019, 131min) 
2h40 – Cidade de Deus (Dir. Fernando Meirelles, 2002, 130min)
5h10 – Filme supresa

Sala 2 
0h20 – Bacurau (Dir. Kleber Mendonça, 2019, 131min)
3h – Carandiru (Dir. Hector Babenco, 2003, 145min)
5h50 – Filme surpresa