ENTRETENIMENTO
02/04/2019 06:57 -03

'Bonequinha de Luxo' e muito mais: Mostra celebra os 90 anos de Audrey Hepburn

Cinemateca, em São Paulo, exibe 10 filmes que marcaram a carreira de atriz que se tornou um ícone pop.

Divulgação
Atriz completaria 90 anos no próximo dia 4 de maio de 2019.

Muito mais do que apenas uma atriz, Audrey Hepburn transcendeu a imagem de estrela do cinema, tornando-se também um ícone da moda. Sua imagem, principalmente depois de interpretar a glamourosa prostituta Holly Golightly em Bonequinha de Luxo (1961), ganhou tamanha força que ela virou referência na cultura pop dos anos 1960.

Nascida na Bélgica em 1929, Audrey completaria 90 anos no dia 4 de maio. Nessa data, a Cinemateca Brasileira aproveita para fazer uma bela mostra - totalmente gratuita - com 10 de seus filmes mais significativos, como o próprio Bonequinha de Luxo, além de títulos como A Princesa e o Plebeu (1953), Sabrina (1954), Infâmia (1961) e Charada (1963).

Foi com A Princesa e o Plebeu, de William Wyler, que Audrey ganhou seu primeiro papel de destaque, que, aliás, lhe rendeu um Oscar de Melhor Atriz. Já ali ela mostrava seu estilo enfático e sofisticado, marcado por personagens femininas fortes e determinadas que contrastavam com sua figura delicada. 

Divulgação
Audrey chamou a atenção do mundo pela primeira vez com a meiga e espevitada Princesa Ann, em A Princesa e o Plebeu.

Mesmo identificada por esse estilo, ela conseguiu transitar entre personagens bem distintos, como a romântica Sabrina no filme de mesmo nome do grande Billy Wilder, a beatnik de Cinderela em Paris (1957), de Stanley Donen, a freira de Uma Cruz à Beira do Abismo (1959), de Fred Zinnemann, e até uma prostituta, em Bonequinha de luxo, de Blake Edwards.

Foi este filme, aliás, que transformou Audrey Hepburn em um ícone fashion, marcando uma longa e bem-sucedida parceria da atriz com o estilista Hubert de Givenchy, ou simplesmente Givenchy. Na mostra, o filme (em cópia 35mm) ganha uma exibição especial na área externa da Cinemateca.

Depois do policial Como roubar um milhão de dólares (1966), Audrey decidiu se dedicar ao trabalho humanitário e sua vida pessoal, se afastando do cinemas. Seu último filme foi o romance de Steven Spielberg Além da Eternidade (1989). Ela morreu apenas 4 anos depois.

Veja a programação completa no site da Cinemateca.

Serviço:

90 Anos de Audrey Hepburn
Dias: 4 a 14 de abril de 2019.
Local: Cinemateca Brasileira (Largo Sen. Raul Cardoso, 207 - Vila Clementino, São Paulo)
Ingressos: Gratuito. Os ingressos serão distribuídos na bilheteria 1 hora antes de cada sessão, sujeito à lotação das salas.