Tamo Junto

Como os atletas fazem home office?

Mesmo com o adiamento da Olimpíada, atletas ainda têm de manter a rotina de exercícios e fazem isso com muita criatividade.

Mesmo com o adiamento dos Jogos Olímpicos de Tóquio para 2021 - anunciado nesta terça-feira (24) - e todos os campeonatos esportivos paralisados, os atletas precisam manter a forma e seguir seus treinamentos. Mas como fazer isso em tempos de coronavírus?

Eles podem não trabalhar em escritórios, mas os atletas também fazem home office. Como? Usando a criatividade e até contando com ajuda de companheiros inusitados.

Veja aqui como alguns atletas brasileiros estão se virando para treinar mesmo de quarentena em casa:

Os judocas Sarah Menezes - primeira mulher a conquistar uma medalha de ouro na modalidade, em Londres 2012 - e Juninho Bomba contam com uma mãozinha (ou seria patinha?) de seus maiores companheiros, seus cães.

Já o jogador de basquete Marcelo Huertas, que atualmente joga no Tenerife, da Espanha, aceitou o desafio de seu colega, o turco Tornike Shengelia, atleta do Saski Baskonia, e usou seus filhos para malhar.

Outro atleta do basquete, Yago dos Santos, do Paulistano, priorizou a precisão dos arremessos.

Já o ginasta Arthur Nory, medalhista de bronze no solo na Olimpíada do Rio, em 2016, usa as escadas de sua casa de uma maneira que pouca gente imaginava.

A ginasta Jade Barbosa também abusou da criatividade.

Quem diria que até esgrima dá para treinar em casa... O esgrimista Athos Schwantes mostra que, sim, isso é possível.