NOTÍCIAS
31/12/2019 13:04 -03

Polícia identifica um dos suspeitos de ataque à produtora do Porta dos Fundos

Eduardo Falzi Cerquise, identificado como um dos 5 autores do atentado, já havia sido preso em 2013 e é considerado foragido.

Divulgação
Especial de Natal do humorístico Porta dos Fundos que mostra Jesus Cristo como homossexual despertou a ira de setores radicais cristãos.

A Polícia do Civil do Rio de Janeiro identificou um dos suspeitos de atacar a produtora do humorístico Porta dos Fundos atirando dois coquetéis molotov contra a fachada do imóvel na véspera de Natal, no dia 24 de dezembro de 2019.

Segundo o site G1, na manhã desta terça (31), agentes da polícia tentaram cumprir um mandado de prisão contra Eduardo Fauzi Richard Cerquise, mas o suspeito não foi encontrado e já é considerado foragido.

De acordo com a polícia carioca, ele foi identificado por câmeras de segurança após retirar o capuz depois do ataque. Buscas foram realizadas em dois endereços comerciais e residenciais ligados a Cerquise. Na casa dele, na Barra da Tijuca, foram apreendidos R$ 119 mil, munição, uma arma falsa e um computador.

Cerquise já havia sido preso em 2013, porque deu um soco no secretário de Ordem Pública do Rio, Alex Costa, quando ele se preparava para dar uma entrevista durante uma operação de fiscalização que fechou três estacionamentos irregulares na zona portuária do Rio. O vídeo com a agressão pode ser visto aqui.

“Ele é um empresário de classe média alta de perfil violento, antagônico”, disse o delegado Marco Aurélio de Paula Ribeiro, titular da 10ª DP, em Botafogo.