Um artista colou uma banana na parede e vendeu por 120 mil dólares

Sim. São bananas. Com fita adesiva. Na parede.

Uma obra feita de bananas, literalmente.

Uma e banana colada na parede com uma fita adesiva foi vendida pela quantia impressionante de 120 mil dólares em um evento de arte na última sexta-feira (7).

A peça focada na fruta, elaborada pelo artista italiano Maurizio Cattelan, e intitulada “Comediante”, foi vendida depois de ser exibida no evento da Art Basel na Galerie Perrotin, em Miami.

Três edições da obra de arte de composta pela banana e uma fita adesiva na parede estavam à venda, e duas delas já foram vendidas, de acordo com a CBS News. De acordo com o jornal, a última obra deve custar cerca de 150 mil dólares.

A conta do Instagram da galeria Perrotin explica que o objetivo da peça é oferecer “uma visão de como atribuímos valor e que tipo de objetos valorizamos” e que Cattelan tinha o hábito de colar bananas nas paredes do quarto de hotel quando viajava para “encontrar inspiração”.

“Ele fez vários modelos: primeiro em resina, depois em bronze e para finalmente voltar à idéia inicial de uma banana de verdade”, diz o post.

Ao contrário dos diamantes, as bananas não são eternas, então quem comprou a arte terá que lidar com o fato de que as bananas apodrecem e vão sujar as paredes.

A arte de Cattelan sempre teve uma “que” de extravagante. No passado, ele era responsável por obras como uma escultura do Papa sendo atingida por um meteorito e um banheiro de ouro de 18 quilates totalmente funcional.

O banheiro, chamado “America”, estreou há três anos no Museu Guggenheim em Nova York e foi oferecido até à Casa Branca. Estranhamente, o governo Trump recusou a oferta pela peça.