COMIDA
13/03/2019 08:01 -03

Lembra do Arby's? Sanduíche de rosbife e curly fries ainda deixam saudades

Rede de fast food "diferente" funcionou no Brasil entre 1993 e 1999.

Reprodução/Instagram
Marca registrada do Arby's, as curly fries eram batatas fritas em formato de mola levemente apimentadas.

Se você não era um bebê entre 1993 e 1999 nas cidades de São Paulo, Brasília e Fortaleza, vai se lembrar com saudades de um sanduíche de rosbife com cheddar servido no pão de cebola, o carro-chefe do Arby’s, uma rede americana de fast food que acabou não emplacando no Brasil, mas que deixou milhares de fãs por aqui até hoje.

E lá se vão 20 anos que estamos órfãos... 

Reprodução/Instagram
Muito rosbife era segredo dos sanduíches do Arby's.

A rede que nasceu em 1964 na cidade de Boardman, no estado de Ohio (EUA), chegou por aqui em uma época em que houve um boom de marcas de fast food americanos, entre a década de 1980 e 90. Entre elas, Jack in The Box, Pizza Hut, KFC, Dunkin’ Donuts e Subway.

Depois de alguns anos no Brasil, todas elas naufragaram. Algumas voltaram a operar por aqui, mas outras, como o Arby’s, seguem apenas na memória afetiva de quem não consegue esquecer a linha de sanduíches de rosbife que fazia dessa rede algo bem diferente de gigantes que dominam o marcado de fast food no Brasil, como McDonald’s e Burger King.

A concorrência pesada da marca dos arcos dourados foi, aliás, um dos grandes fatores para o encerramento das operações nacionais dessas concorrentes no Brasil. Além disso, esse mercado por aqui na época ainda era muito jovem, e o consumidor brasileiro não estava habituado a produtos “diferentes”, como um cardápio todo baseado em sanduíches de rosbife.

E as inconfundíveis curly fries, batatas fritas em formato de mola?

Reprodução/Instagram
Curly fries: uma textura inigualável!

De tempos em tempo há alguma especulação de que a rede volte ao Brasil, mas até hoje a notícia não passa de rumor.

Nos EUA o Arby’s segue firme e forte e já incrementou seu cardápio com sanduíches de peito de peru, barriga de porco, carne de pato e até de cervo.