MULHERES
30/07/2019 01:00 -03

O desabafo de Anne Hathaway e a quebra do ponto de vista único sobre a gravidez

“Eu só queria que elas soubessem que têm uma irmã em mim”. ❤️

Reprodução/Instagram/@Anne Hathaway
"Não é para um filme", brincou a atriz ao anunciar que está grávida pela segunda vez em seu Instagram.

A atriz Anne Hathaway, de 36 anos, anunciou recentemente que está grávida pela segunda vez. Em seu Instagram, ela publicou uma foto em que já mostra a barriga aparente, e brincou: “Não é para um filme...”.

Depois, a atriz aproveitou para dar um conselho a uma parcela das mulheres que, assim como ela, antes de chegar à maternidade precisaram encarar uma outra questão que, em alguns casos, é anterior a ela: a infertilidade e a dificuldade em conseguir engravidar.

“Brincadeiras à parte, para todas passando por infertilidade e o inferno de tentar engravidar, saiba, por favor, que não foi fácil para mim em nenhum dos dois casos. Enviando amor extra para vocês”, escreveu a atriz. 

Ao “enviar amor extra”, Hathaway faz um exercício de acolher outras mulheres e lança luz sobre uma narrativa da gravidez que, muitas vezes, é silenciada.

“Acho que temos um ponto de vista único sobre engravidar”, pontuou a atriz, no fim de semana, em evento da Television Critics Association, em Beverly Hills, na California.

“Você fica grávida e, na maioria dos casos, esse é um momento muito feliz. Mas também há muitas pessoas que tentam engravidar e os passos a seguir são realmente dolorosos, cheios de dúvidas e muito solitário. Eu passei por isso”, completou.

Segundo a OMS (Organização Mundial de Saúde), cerca de 15% da população mundial em idade fértil sofre de problemas de fertilidade. “Você quer tanto algo, e parece que está acontecendo para todo mundo, menos para você”, disse.

“Só queria que essa pessoa soubesse que a história dela é a minha história também, e que não há só momentos felizes nela”, afirmou a estrela do filme O Diabo Veste Prada, que é casada desde 2012 com Adam Shulman, e já é mãe de Jonathan, de 3 anos. 

“Não se trata de acenar com uma varinha mágica e dizer ‘quero estar grávida’. É mais complicado que isso”, frisou. “Eu sabia que, quando publicasse que estava grávida, alguém se sentiria ainda mais isolado por causa disso”, confessou. “Eu só queria que todas soubessem que elas têm uma irmã em mim.”