MULHERES
20/08/2019 18:35 -03 | Atualizado 14/10/2019 13:52 -03

Filósofa e ícone do feminismo negro, Angela Davis vem ao Brasil em outubro

Ela lançará sua autobiografia em São Paulo e no Rio de Janeiro; além de participar de evento promovido pelo Sesc-SP e pela Boitempo.

Mark Blinch / Reuters
Angela Davis, filósofa, escritora e ícone do movimento negro vem ao Brasil pela 

A filósofa e ativista norte-americana Angela Davis vem ao Brasil em outubro para o lançamento do livro Uma Autobiografia (Boitempo, 2019), em São Paulo e no Rio de Janeiro. Esta será a sétima vez em que a escritora visita o País.

Davis dará a palestra “A liberdade é uma luta constante”, prevista para encerrar a programação do seminário “Democracia em Colapso?”, evento promovido pela editora Boitempo e pelo Sesc São Paulo, entre os dias 15 e 19 de outubro.

A jornalista Adriana Ferreira Silva, editora-executiva da revista Marie Claire Brasil, fará a mediação da conversa com a escritora, no dia 19 de outubro. Depois, no dia 21, Davis fará uma outra palestra no Auditório Ibirapuera, ainda em São Paulo, e encerrará sua vinda ao Brasil no Rio de Janeiro, no dia 23.

Inscrições para o evento em São Paulo começam nos dias 25 de setembro (curso e pacote integral do ciclo) e 9 de outubro (venda de dias avulsos do ciclo de debates) e podem ser feitas pelo site do evento

O evento é promovido em parceria entre Boitempo, Auditório do Ibirapuera, Secretaria Municipal de Cultura de São Paulo, Secretaria Municipal do Meio Ambiente de São Paulo e Itaú Cultural. Todas as atividades contam com a parceria da Fundação Rosa Luxemburgo. 

Em sua visita ao Rio de Janeiro, no dia 23, a escritora receberá a Medalha Tiradentes, uma homenagem da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj). A iniciativa é da deputada Renata Souza, 1ª mulher negra no comando da Comissão de Direitos Humanos da Alerj.

Nesta data, Davis também fará conferência aberta ao público no Cine Odeon, durante abertura do Encontro de Cinema Negro Zózimo Bulbul: Brasil, África e outras diásporas, maior evento audiovisual destinado para negros da América Latina. Haverá telão voltado para a Cinelândia e streaming nas redes sociais.

Yuriy Ivanov/Юрий Иванов/Creative Commons
A ativista norte-americana Angela Davis (esquerda), em coletiva de imprensa ao lado de outros ativistas nos anos 1980.

Desde os anos 1980 Angela Davis faz constantes visitas ao Brasil. “As pessoas me perguntam: ‘Você já esteve no Rio?’ Não. ‘Você já esteve em São Paulo?’ Não. Mas estive em Salvador e de novo e de novo”, disse, ao iniciar palestra na UFBA (Universidade Federal da Bahia), em 2017, sua última vinda ao País.

Na ocasião, a presença da ativista, que é referência mundial no enfrentamento antirracista e do pensamento crítico feminista, fez parte do evento “Julho das Pretas”, organizado por coletivos feministas, que promoveu atividades.

A filósofa e ex-presa política ministrou a conferência “Atravessando o tempo e construindo o futuro da luta contra o racismo”. Com mais de 400 alunos e convidados, o salão nobre da reitoria da UFBA atingiu sua capacidade máxima.

Quando a mulher negra se movimenta, toda a estrutura da sociedade se movimenta com ela.Angela Davis

“Quando a mulher negra se movimenta, toda a estrutura da sociedade se movimenta com ela, porque tudo é desestabilizado a partir da base da pirâmide social onde se encontram as mulheres negras, muda-se isso, muda-se a base do capitalismo”, disse no evento na reitoria da UFBA.

Na década de 70, Angela Davis integrou um braço do grupo Panteras Negras nos Estados Unidos e foi membro do Partido Comunista. Ela foi presa e ficou mundialmente conhecida pela mobilização da campanha “Libertem Angela Davis”, que deu nome a um documentário, dirigido por Shola Lynch.

Atualmente, ela é professora emérita do departamento de estudos feministas da Universidade da Califórnia e desenvolve trabalho intenso sobre a questão prisional nos Estados Unidos.

Conferência “Liberdade é uma luta constante”

Data: 19 de outubro

Evento: Conferência “A Liberdade É uma Luta Constante”, durante o seminário internacional “Democracia em Colapso?”

Local: Sesc Pinheiros

Endereço: Rua Paes Leme,195 - Pinheiros

*Inscrições estarão abertas a partir do dia 25 de setembro no site www.democraciaemcolapso.com.br.

Palestra no Auditório Ibirapuera

Data: 21 de outubro

Evento: Conferência no Auditório Ibirapuera, com comentários da pesquisadora Raquel Barreto e de Anielle Franco, irmã de Marielle Franco, com mediação de Christiane Gomes, da Fundação Rosa Luxemburgo.

Local: Auditório do Ibirapuera

Endereço: Av. Pedro Álvares Cabral - Vila Mariana; Portão 3

Angela Davis no Rio de Janeiro

Data: 23 de outubro

Evento: Conferência e recebimento da Medalha Tiradentes, da ALERJ. 

Local: Armazém da Utopia

Endereço: Av. Rodrigues Alves, 299 - Gamboa