Qual o melhor smart speaker: Amazon Echo Dot ou Google Nest Mini?

Eles têm skills básicos bem parecidos. Cada um, porém, conta com particularidades.

O Google e a Amazon lançaram quase que na mesma época seus novos smart speakers, ou, em bom português, caixas de som inteligentes.

O Google Nest Mini e o Amazon Echo Dot vêm com assistentes virtuais integrados e têm como objetivo facilitar a vida dos usuários. Os smart speakers podem, por exemplo, te ajudar a encontrar uma receita, a te acordar todos os dias de manhã, te dar um relatório sobre o tempo e o trânsito até o trabalho, ligar e desligar eletrodomésticos e luzes, tudo isso com apenas comandos por voz.

No caso do Amazon Echo, o usuário aciona o aparelho falando “Alexa”. Já no Google Nest Mini, é preciso falar “Ok Google”, assim como em outros aparelhos Android.

Echo Dot e Nest Mini: qual comprar?
Echo Dot e Nest Mini: qual comprar?

Testei os dois aparelhos por algumas semana e, preciso dizer, eles são muito bons. Eles entendem bem o português, ouvem a uma certa distância do aparelho e têm skills básicos bem parecidos. Cada um, porém, conta com particularidades.

As duas caixas são revestidas em tecido e têm tamanho compacto. O Nest Mini tem um ponto importante para aqueles “mais sustentáveis”: o produto é feito com materiais recicláveis.

Discretas, as caixas de som ficam bem em todos os ambientes da casa. Enquanto o Echo está disponível nas cores branco, preto e cinza, o Google Nest Mini é encontrado nas cores giz e carvão.

O Echo Dot tem quatro microfones, enquanto o Nest Mini tem três. Isso é importante para eles entenderem o que você diz mesmo em ambientes barulhentos.

Apesar de ambos terem fluidez nas conversas, a Alexa bem que tenta simular uma conversa mais natural com o usuário. Já o Google Home é mais direto e interage menos ao receber o comando. Os dois sistemas, contudo, executam os comandos muito bem.

Com o Nest Mini, é possível verificar seus e-mails, configurar sua agenda e marcar lembretes, além de fazer pesquisas com mais precisão. Outro diferecial é que o sistema reconhece a voz do usuário e possibilita a criação de perfis distintos para cada um. Assim, não há risco de um usuário ter acesso às informações de outro.

Com o Echo Dot, por outro lado, é possível fazer compras na loja da Amazon por comando de voz, uma vez que os dados de pagamentos e endereço já estão inseridos na conta do usuário. Ele também tem maior convergência com outros produtos da Amazon, como o Prime Videos e Amazon Music.

O Echo Dot também firmou parceria com o Uber e com o iFood, entre outras empresas. Isso significa que você pode pedir comida e um motorista apenas por comando de voz.

A parte negativa, na minha opinião, vai pela falta de bateria interna. Ambos dispositivos precisam ter uma tomada por perto, o que os tornam mais um eletrodoméstico do que uma caixinha de som que pode ser facilmente transportada para outros ambientes da casa ou para fora dela.

Em relação aos valores, as duas caixas têm preços bem similares. Enquanto Echo Dot custa R$ 349, o Nest Mini sai por R$ 330.

Qual é o melhor?

Os dois assistentes têm muitas funcionalidades e entendem e respondem muito bem aos comandos. A escolha vai depender do perfil do usuário.

Para quem já é familiarizado com o Google Home e Android, é melhor investir no Nest Mini, pois o aparelho vai ter melhor convergência com o smartphone e demais dispositivos Android.

Para quem já é consumidor da Amazon e gosta do serviço, a sugestão é comprar o Echo Dot.