ENTRETENIMENTO
04/08/2020 17:26 -03 | Atualizado 04/08/2020 18:08 -03

Tudo o que você precisa saber sobre 'The Human Voice', novo filme de Pedro Almodóvar

Estrelado por Tilda Swinton, curta-metragem de 30 minutos fará sua estreia no Festival de Veneza, em setembro.

The Human Voice, novo filme do cineasta espanhol Pedro Almodóvar, fará sua estreia no Festival de Cinema de Veneza, em setembro. Filmado e editado em plena pandemia (logo após a flexibilização das medidas restritivas na Espanha), o curta-metragem será exibido fora da competição oficial.

“Estou muito empolgado em voltar a Veneza em um ano tão especial, com a covid 19 como convidada involuntária”, disse Almodóvar em comunicado anunciando a estreia do trabalho no festival. “Tudo será diferente, e estou ansioso para descobrir isso pessoalmente”, completou. 

Por causa do surto do novo coronavírus, o evento este ano será online.

O curta é inspirado na peça A Voz Humana, do francês Jean Cocteau (1889-1963). Tem cerca de 30 minutos e é também o primeiro filme de Almodóvar em língua inglesa. Tilda Swinton vive a protagonista do drama que retrata uma mulher à espera do telefonema do amante que acabou de abandoná-la.

Veja abaixo a primeira imagem divulgada de The Human Voice. 

Assim como foi com Almodóvar em 2019, neste ano Tilda receberá o Leão de Ouro honorário. Aos 59 anos, a atriz australiana já atuou em mais de 60 filmes.  Neste edição do festival, a cineasta  honconguesa Ann Hui também será homenageada com um troféu pelo conjunto da obra.

“É uma honra acompanhar Tilda no ano em que ela está recebendo um prêmio tão merecido. Na verdade, ‘The Human Voice’, é um festival de Tilda, uma exibição de seus predicados infinitos e variados com atriz”, afirmou Almodóvar.

A atriz é também a presidente do júri, composto nesta edição pelos cineastas Christian Petzold, Cristi Puiu, Joanna Hogg e Veronika Franz, pela atriz Ludivine Sagnier e pelo escritor Nicola Lagioia.

Além de The Human Voice, a seleção do festival e inclui o documentário Narciso em Férias, que aborda a prisão de Caetano Veloso em 1968. Escrito e dirigido por Renato Terra (Uma Noite em 67) e Ricardo Calil (Cine Marrocos), o filme também será exibido fora da competição oficial.

O Festival de Veneza 2020 será realizado entre os dias 2 e 12 de setembro.