Tamo Junto

Como saber se você encontrou sua alma gêmea

Antes de fazer essa cara, leia o texto.

A ideia de que existam almas gêmeas é polêmica. Afinal de contas, num mundo de 7 bilhões de habitantes, é difícil imaginar que exista uma única pessoa perfeita para você.

Mas muitos dos que acreditam em almas gêmeas não as definem assim. Eles acreditam que a alma gêmea é a pessoa com quem você se conecta instantânea e profundamente, que te enxerga e te aceita por quem você é e, ao mesmo tempo, te ajuda a ser a melhor versão de você mesmo.

A alma gêmea nem precisa ser uma conexão romântica, necessariamente ― pode ser um amigo, um parente, um professor. Tampouco o relacionamento precisa ser livre de conflitos.

“Uma alma gêmea nem sempre é um pacote perfeito, fisicamente ou em termos de circunstâncias de vida. Encontrá-la também não significa que o relacionamento não terá seus desafios”, diz Kailen Rosenberg, fundadora do The Lodge Social Club, ao HuffPost. “Mas a diferença é que as circunstâncias da vida e as dificuldades são a cola que mantém vocês unidos apesar dos obstáculos encontrados no caminho e ajuda cada um a se tornar seu eu mais autêntico.”

Pedimos aos leitores do HuffPost que dizem ter encontrado sua alma gêmea que nos contassem os sinais que indicam que isso pode, sim, acontecer. Veja as respostas.

1. Estar perto dessa pessoa te dá uma sensação de paz e conforto, desde o comecinho do relacionamento

“Quando Randy e eu nos conhecemos, depois de nos conectarmos no AOL Instant Messenger (faz tempo!), assim que trocamos o primeiro olhar, já não estava mais nervosa por encontrar um estranho que conheci na internet. Era como aquela letra de música, ‘It is well with my soul’ (está tudo bem com a minha alma). Alguma coisa nele imediatamente me pareceu familiar e eu fiquei em paz na hora, só de estar na presença dele. Não senti frio na barriga perto desse cara incrivelmente lindo que não conseguia tirar os olhos de mim. Pelo contrário, era como se minha alma o reconhecesse como a peça que faltava em mim. Quando nos vimos pessoalmente pela primeira vez, foi como se o tempo parasse – só conseguia ouvir meu coração batendo forte, só o enxergava.” ― Ashley Durham

2. Vocês podem ser muito diferentes, mas encontram o equilíbrio

“Soube que minha esposa era minha alma gêmea quando percebi que as nossas diferenças me equilibravam, e nossas semelhanças me melhoravam. Perceber como aquela pessoa é tão perfeita para você traz uma sensação surreal e cheia de adrenalina.” - Renita Freeney

3. Você sente lá no fundo, de forma palpável, que encontrou a pessoa certa

“Quando conheci minha alma gêmea, não tinha ideia do que realmente era uma alma gêmea ― além do que nos ensina a sociedade do ‘e viveram felizes para sempre’. Estava no Havaí com algumas amigas, sentada em um bar, quando um homem veio me perguntar se eu queria acompanhá-lo a um casamento no dia seguinte. O melhor amigo dele estava se casando e ele estava sozinho. Internamente, ouvi meu terapeuta me incentivando a viver a vida e a correr riscos, então disse sim. Na manhã seguinte, me arrependi da decisão, mas quando ele ligou e deixou uma mensagem na minha secretária eletrônica dizendo que só precisava do meu sobrenome e perguntando se eu queria frango, carne ou peixe no jantar, foi coisa do destino. Decidi ir ao casamento. Nos demos bem, ele me beijou e o resto é história ― ficamos juntos por mais de 10 anos, entre idas e vindas. Era como se eu o conhecesse minha vida inteira. Nos conectamos instantaneamente e, quando ele me beijou, essa familiaridade se intensificou. Intuitivamente eu sabia que ele era O cara.

A única coisa realmente estranha que ficou comigo é que, assim que nos conhecemos, eu achava que não lembraria do rosto dele se ele se afastasse de mim (para ir ao banheiro ou algo do tipo). Era como se eu estivesse atraída por sua energia ou sua alma, não pelo seu corpo – e isso é comum entre as almas gêmeas. Nosso relacionamento durou mais de dez anos, mas ele ainda está “comigo” todos os dias, no meu coração e na minha alma. Acho que é assim com as almas gêmeas: a conexão nunca morre.” - Christy Jacobs

4. Seus valores estão completamente alinhados

“Eu soube porque nossas opiniões sobre a vida, nossa moral e nosso estilo de vida se encaixavam perfeitamente ― além de estarmos apaixonados um pelo outro. Me apaixonei profundamente e sabia que queria passar o resto da minha vida com meu parceiro duas semanas depois de a gente começar a ficar junto. A gente passava tanto tempo juntos... a sensação era simplesmente indescritível. Parecia que eu estava sob efeito de alguma droga, flutuando nas nuvens. Liguei para minha melhor amiga para dizer a ela que tinha conhecido o cara da minha vida e ela me perguntou se eu estava bêbada (quase nunca bebo), porque eu estava empolgada demais ao telefone.” - Amanda Oleander

5. Você já viu o pior dessa pessoa e a ama mesmo assim

“Encontrei minha alma gêmea quando estava fazendo uma faculdade que odiava. Meu plano de vida estava desmoronando. Dividíamos um apartamento, com apenas uma cozinha entre nós. Eu nem percebi o que estava acontecendo na época. Foi só depois de voltar para a casa dos meus pais para começar tudo de novo que eu percebi que ela era minha alma gêmea. Alguém que realmente via quem eu era, mesmo no fundo do poço, e nem sequer tentou fugir. Três anos depois, ela ainda é minha alma gêmea. Curtimos aventuras juntas e dividimos novas experiências sempre que possível.” - Olivia Fraser

6. O carinho que vocês têm um pelo outro é tão profundo que às vezes vocês sentem a dor um do outro

“Soube que tinha encontrado minha alma gêmea quando a dor dele virou a minha dor. Fizemos faculdade juntos e, entre as aulas, conversamos sobre um parente dele que tinha sido internado recentemente. Eu sabia que ele estava chateado e, depois de nos despedir, acabei num banheiro, chorando e rezando. Queria que tudo desse certo, para que ele não sofresse mais. Perceber que eu me importava com a família dele ― pessoas que eu nem sequer conhecia ― tanto quanto com a minha própria me ajudou a aceitar a força dos sentimentos que eu tinha por ele.” - Holly Riordan

7. O contato físico “dá choque”

“Quando você encontra sua alma gêmea, quando se apaixona involuntariamente, é uma adoração incomparável, que acorda a alma e deixa as pernas bambas. É uma experiência sem igual. Você sabe intuitivamente que a pessoa é uma extensão natural de você. A atração é selvagem. Quando vocês se encostam, há uma corrente elétrica palpável, um encaixe perfeito. Não importa há quanto tempo vocês estejam juntos, mas sim quanto tempo vocês passam separados.” - Jodi Meltzer Darter

8. O relacionamento pode ser complicado às vezes, mas esses tropeços ajudam no crescimento

“Almas gêmeas seguram um espelho diante da gente, mostrando tudo o que precisamos curar ― e, sinceramente, isso dói. A maioria das pessoas quer fugir, e é por isso que os relacionamentos com almas gêmeas tendem a ter idas e vindas. Você termina, volta, termina de novo... Quando estão separados, parece que ainda estão juntos, porque de fato ainda estão, energeticamente. Esse sentimento de conexão os leva a tentar de novo, até que surja uma nova crise e o ciclo se repita. Várias e várias vezes em alguns casos, inclusive no meu. - Jacobs

9. Você sente que pode baixar a guarda e ser 100% você quando está com essa pessoa

“A alma gêmea é sua melhor amiga. Seu companheiro de equipe. A única pessoa com quem você se sente à vontade para mostrar seus lados estranhos, que geralmente ficam escondidos dos outros.” – Riordan

10. Você reconhece que essa pessoa entrou em sua vida para lhe ensinar uma lição importante

“Sua alma gêmea será seu maior professor: aquele que te desafia, te enlouquece, desperta as paixões mais profundas. A alma gêmea desafia a verdade das lições que você precisa aprender sobre o seu próprio valor, sobre o que você quer e, mais importante, sobre o que não quer na vida quando se trata de amor. Infelizmente, algumas pessoas terminam cedo demais o relacionamento com a alma gêmea, porque eles podem envolver dificuldades. Outros acabam ficando tempo demais nesses relacionamentos e não aprendem uma lição essencial que é ser você mesmo – só assim você vai encontrar o parceiro de vida ideal, que é algo que todos queremos e merecemos.” – Rosenberg

*Este texto foi originalmente publicado no HuffPost US e traduzido do inglês.