Comida

Queda de cabelo: 7 alimentos que ajudam a fortalecer os fios

Especialistas afirmam que o cabelo tende a cair mais no verão. Mas certos alimentos ricos em gorduras, vitaminas e minerais podem ajudar no crescimento dos fios.

Se você sente que a queda de cabelo se agravou nos últimos meses, saiba que você não é o único. Na verdade, especialistas afirmam que o cabelo tende a cair mais facilmente no verão.

O motivo ainda não está claro. Enquanto alguns estudos sugerem que a queda acontece nos dias mais quentes para poupar os fios no inverno, quando teoricamente precisaríamos da cabeleira cheia para nos proteger do frio; existem outras variáveis que também comprometem a saúde do cabelo no verão, como o excesso de suor e calor, contato com o mar, piscina e exposição ao sol.

A boa notícia é que o nosso cabelo está constantemente crescendo e sendo substituído por novos fios, criados a partir de nutrientes do nosso corpo. Assim, alguns alimentos têm influência nisso.

Certas proteínas, gorduras, vitaminas e minerais são especialmente importante para o crescimento e saúde do cabelo. Veja alguns deles:

Ovo

O cabelo é feito de proteína, então comer a quantidade de proteína adequada é importantíssimo para garantir cabelos mais fortes. O ovo, além de ser uma ótima fonte de proteína (dois ovos têm cerca de 14 gramas), ele também é rico em zinco, selênio e outros nutrientes importantes para a saúde do cabelo.

Além do ovo, outras boas fontes de proteína são frango, peixes, peru, laticínios, assim como grãos e castanhas.

Abacate (ou avocado)

Considerado um “superfood” por influencers no Instagram, o abacate (ou o avocado), além de nutritivo, é ótimo para o cabelo.

A fruta é rica em vitamina E, que promove o crescimento capilar. Uma unidade média (cerca de 200 gramas) tem cerca de 20% da quantidade diária necessária da vitamina.

O sol também pode danificar o cabelo e comidas com vitamina E podem dar uma proteção extra para os fios.

Castanha-do-pará

A castanha é rica em selênio, um poderoso mineral que que fortifica o cabelo e ajuda no seu crescimento.

Um estudo sobre a queda de cabelo em mulheres na menopausa apontou que o mineral ajuda na produção de cabelo.

A castanha também possui zinco. A falta do mineral no corpo está relacionada à perda e ressecamento dos fios.

Espinafre

Espinafre, assim como outras folhas com coloração verde escura, é rico em ferro, um mineral essencial para o crescimento do cabelo. O folículo capilar e a raiz do nosso cabelo precisam do nutriente. Quando os níveis de ferro estão baixos, você pode ter anemia e a perda de cabelo é um dos sinais.

Além de vegetais como brócolis, couve e espinafres, o ferro também pode ser encontrado nas carnes.

Frutas vermelhas

As frutas vermelhas são conhecidas por suas propriedades antioxidantes, o que inclui a vitamina C. Esta vitamina ajuda a proteger os folículos capilares contra os danos dos radicais livres.

Uma xícara de morangos fornece cerca de 140% da dose diária recomendada de vitamina C.

Nosso corpo também usa a vitamina C para produzir colágeno, uma proteína que também exerce papel fundamental em nossos fios.

Além das chamadas “berries”, outras frutas ricas em vitamina C são laranja, caju, carambola, acerola goiaba, kiwi, manga, mamão, entre outras.

Cenoura e batata doce

Cenoura, batata doce e abóbora tem betacaroteno (que forma a vitamina A). Nosso corpo utiliza esta vitamina para produzir sebo. O sebo é um óleo criado pelas glândulas sebáceas e condiciona naturalmente o couro cabeludo. Sem ele, é provável que o cabelo seja quebradiço e seco.

Cerca de 100 gramas de batata doce contêm betacaroteno que fornece cerca de 4 vezes mais que a necessidade diária de vitamina A.

Salmão

Peixes gordurosos como o salmão, sardinhas e arenque são ricas fontes de ômega 3, importante gordura que nosso corpo não consegue produzir sozinho e precisa obter através da alimentação. O consumo dessa gordura está associado ao crescimento capilar.

A gordura é encontrada nas células que revestem o couro cabeludo e também fornecem os óleos que mantêm o couro cabeludo e o cabelo hidratados. Outras fontes de ômega 3 são abacate, sementes de abóbora e nozes.

Evite açúcar refinado

Enquanto frutas, peixes, ovos e verduras estão associadas ao fortalecimento e crescimento dos fios, estudos sugerem que o consumo de alimentos processados ricos em açúcares podem agravar a queda de cabelo.

Dieta rica em açúcares simples (como o refinado) pode estimular a secreção excessiva de sebo pelas glândulas sebáceas. Em condições normais, o sebo tem um impacto benéfico nos cabelos, no entanto, se a secreção for muito alta, ela se torna um problema e pode levar à inflamação e irritação e, consequentemente, queda dos fios.