COMIDA
17/10/2019 11:54 -03 | Atualizado 31/10/2019 16:19 -03

6 passos para ter uma alimentação mais saudável e sustentável, segundo Bela Gil

Para o Dia Mundial da Alimentação, celebrado ontem, a cozinheira e apresentadora compartilhou dicas simples (mas efetivas) para tornar o prato mais nutritivo.

Nesta semana foi celebrado o Dia Mundial da Alimentação e a cozinheira Bela Gil, conhecida por seu estilo de vida “natureba”, utilizou o Twitter para comemorar a data com uma thread de sugestões práticas para quem quer ter uma vida mais saudável e um prato mais nutritivo. 

“Sabia que a maioria da população mundial vive em países onde a obesidade mata mais do que a fome e a desnutrição? No Dia Mundial da Alimentação, listo abaixo 6 ações que você deve seguir para se alimentar de forma mais saudável e sustentável”, escreve a apresentadora do programa Bela Cozinha, que passa na GNT. 

Divulgação

O primeiro passo, segundo Bela, é reduzir o consumo de alimentos ultraprocessados, como salgadinhos, congelados, biscoitos, macarrão instantâneo, entre outros.

O segundo é considerar o impacto ambiental de suas escolhas no mercado. A ideia é optar por produtos da estação e, preferencialmente, regionais. Além de, é claro, diminuir o consumo de carne vermelha, uma vez que gado é um dos maiores emissores de gases responsáveis pelo efeito estufa. 

O terceiro item da lista de Gil é encher seu prato de alimentos saudáveis e coloridos, como legumes, grãos integrais e frutas. Alimentos da estação também têm bônus de serem mais baratos e receberem menos agrotóxicos, uma vez que não precisam de tanta ajuda para crescerem.

O quarto é prestar atenção nas embalagens, que podem esconder muita informação do consumidor desatento.

O quinto passo é a diversidade. Vale a regra de que um prato colorido tem maiores chances de ser mais saudável. 

A sexta e última dica da cozinheira é evitar o desperdício. Você acredita que desperdiçamos 1/3 de tudo que produzimos?

Para diminuir o desperdício, Bela incentiva dar uma chance para aqueles vegetais e frutas “feias” e utilizar de forma quase que integral todos alimentos. 

A apresentadora, inclusive, lançou recentemente o livro “Da raiz à flor”, que ensina diversas receitas com “um novo olhar sobre os ingredientes do dia a dia”. Veja aqui 7 receitas que combatem o desperdício dos alimentos.