NOTÍCIAS
20/07/2019 15:42 -03 | Atualizado 20/07/2019 15:49 -03

Alcione para Bolsonaro: 'O senhor precisa respeitar o povo nordestino'

Cantora maranhense criticou fala do presidente, que chamou governadores do Nordeste de 'paraíbas'.

Reprodução/Instagram

A cantora Alcione Marrom criticou o Jair Bolsonaro e pediu mais respeito ao povo nordestino. O vídeo publicado na tarde deste sábado (20) foi em resposta à fala negativa do presidente sobre os governadores da região. 

Na manhã de ontem (19), foi publicada uma gravação da TV Brasil em que Bolsonaro tem uma conversa informar com o ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, e chama os governadores do Nordeste de “paraíbas”. “Daqueles governadores de ‘paraíba’, o pior é o do Maranhão [governador Flávio Dino]”. E emendou: “tem que ter nada com esse cara”.

O vídeo circulou nas redes sociais e causou indignação de nordestinos e dos governadores da região, que cobraram explicações de Bolsonaro. À imprensa, o Palácio do Planalto informou que não iria comentar o caso. 

Revoltada com as falas do presidente, Alcione gravou um vídeo exigindo respeito. “Presidente Bolsonaro, eu não votei no senhor e não me arrependo. O senhor perdeu para o senhor mesmo”, começou a cantora, que nasceu em São Luís e vestia uma camisa da bandeira do Maranhão. 

Ela continua dizendo que não torce contra o governo, mas que, ultimamente, o presidente “não está se dando respeito”.

“O senhor precisa respeitar o povo nordestino. Respeite o Maranhão, hein? E vou lhe dizer outra coisa: o senhor tem medo de facada, tem medo de tiro, mas o senhor precisa ter medo do pensamento, o pensamento é uma força. Pense em mais de 30 milhões de nordestinos pensando contra o senhor. Isso não é bom, comece a nos respeitar. Respeite o povo brasileiro”, finalizou. 

Repercussão

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB-MA), afirmou à Folha que a cabeça do presidente ”é movida pelo confronto, e o coração, infelizmente, está possuído de ódios” e acrescentou que é uma “honraria”ser o pior dos gestores na visão de Bolsonaro. 

As críticas sobre a fala também tomaram as redes sociais. No Twitter, a hashtag #OrgulhodoNordeste foi a mais comentada nesta manhã e continua citada ao longo deste sábado. Usuários reclamaram do tom negativo do presidente sobre o Nordeste e enalteceram a região brasileira.