NOTÍCIAS
19/03/2019 10:06 -03 | Atualizado 19/03/2019 10:30 -03

Polícia apreende adolescente que planejava ataque em escola pública do Rio

Jovem citou massacre na escola em Suzano (SP), na semana passada, nas redes sociais.

NELSON ALMEIDA via Getty Images
Nas redes sociais, o jovem citou ataque da semana passada em Suzano (SP), em que dois jovens mataram 7 pessoas numa escola.

A policia do Rio de Janeiro apreendeu nesta segunda-feira um adolescente que planejava um atentado a uma escolha pública da cidade nesta segunda-feira (19), informou a Polícia Civil fluminense.

O adolescente foi detido em uma grande operação em uma favela do centro que contou até com o uso de um helicóptero. O jovem já tinha dito a pessoas próximas e alunos da escola, da qual foi expulso, que planejava o atentado.

O ataque estava planejado para na próxima quarta-feira, um mês antes do aniversário de 20 anos do massacre em uma escola em Columbine, no Estado norte-americano do Colorado, que deixou 15 mortos.

Nas redes sociais, o jovem também já tinha feito menção ao ataque e citou também o ataque da semana passada em Suzano (SP), em que dois jovens mataram 7 pessoas numa escola, da qual eram ex-alunos, e se mataram. Antes, haviam assassinado o dono de uma locadora de veículos da cidade

Em comunicado, a Polícia Civil informou que a apreensão do jovem ocorreu “após conhecimento que ex-aluno de estabelecimento escolar localizado na Praça da Bandeira estava veiculando mensagens sobre um atentado que iria cometer no seu antigo colégio, exibindo fotografia de arma de fogo e detalhes da ação, inclusive a sua rota de fuga, pois não iria se matar como o ocorrido na cidade de Suzano”.

O jovem apreendido nesta segunda também frequentava canais subterrâneos da internet frequentados por amantes de armas e fóruns de pessoas que admiram e planejam atentados.

De acordo com a polícia, o computador do jovem foi apreendido e nele foram encontradas referências ao massacre de Columbine.