ENTRETENIMENTO
29/07/2019 00:00 -03

7 razões para você não deixar de assistir a 'Years and Years', a série britânica do momento

Emma Thompson comanda um elenco estelar em um drama distópico -- que, na realidade, é cheio de esperança.

Divulgação
Emma Thompson é a populista Viv Rook, um tipo de versão ficcional do primeiro mininistro da Inglaterra, Boris Johnson.

Desde o final da série Line of Duty, em maio, estávamos à procura de um novo drama para acompanhar na Inglaterra. Mas felizmente não foi preciso esperar muito: chegou Years and Years, da BBC One (que no Brasil é exibido pela HBO).

Em seus tópicos e temática, a série não poderia ser mais diferente da série policial tremendamente bem-sucedida de Jed Mercurio mas, com certeza, vale a pena acompanhar Years and Years nas próximas semanas.

Aqui estão 7 razões pelas quais você não pode deixar de assistir (sem spoilers):

BBC
Os dramas vividos pela família Lyons são o motor da trama de Years and Years.

1. É um drama futurista que tem como pano de fundo uma família normal de Manchester

Sabe como os dramas ambientados no futuro às vezes estão cheios de carros voadores e robôs fazendo nosso trabalho? Bem, Years and Years propõe uma visão muito mais realista do que pode estar por vir na sociedade britânica.

Isso se deve em grande medida ao fato de ser um drama familiar comum que direciona o foco para a família Lyons, de Manchester.

A série explora as relações pessoais entre os membros da família e como elas se desenvolvem ao longo do tempo, mas também enfoca o impacto da inquietação política e das mudanças tecnológicas constantes sobre ela, imaginando o que está por vir no país.

2. Não estamos exagerando quando dizemos que é um elenco estelar

A BBC realmente não poupou esforços para conseguir ótimos nomes para trabalhar neste projeto.

Ninguém menos que Emma Thompson lidera o elenco no papel da empresária Viv Rook, cuja ascensão ao poder começa quando ela se candidata a deputada e forma seu próprio partido. 

BBC
Enquanto seguimos a família Lyons, Years and Yeras também mostra a ascensão da extrema direita no Reino Unido, na figura de Viv Rook (Emma Thompson).

Ao lado de Emma Thompson a série conta com Anne Reid (Dinnerladies, Last Tango In Halifax), Rory Kinnear (007 – Operação Skyfall, 007 Contra Spectre, Black Mirror), Jessica Hynes (Spaced, W1A), Russell Tovey (Ser Humano, Him & Her) e T’Nia Miller (Doctor Who, Witless). 

Não falei que era um pessoal de qualidade? 

3. O roteiro é de Russell T. Davies, então já sabemos que é bom

Sempre que o nome de Russell T. Davies está ligado a algum projeto, já podemos saber que é um projeto de qualidade, dado que seus créditos anteriores, que incluem Queer As Folk, Bob And Rose, Casanova, Cucumber e, é claro, o reboot de Doctor Who de 2005.

Seu drama mais recente levou dez anos sendo criado, sendo baseado numa ideia que ele guardou “fervendo na cabeça em fogo baixo por um tempão”.

Davies explica: “Nos últimos anos, o próprio mundo parece que vem fervendo mais forte, mais quente e insano que nunca. Parece que vivemos numa era febril. Ou estamos mais politizados que nunca ou desprezamos a política mais que nunca. Acho que no passado a maioria das pessoas equacionava a política com a economia, mas hoje estamos vendo que o que está em jogo é nossa identidade.

Tive que escrever este roteiro rápido, antes que outra pessoa o fizesse! E estamos colocando no ar o mais rápido possível, antes que as coisas previstas no roteiro comecem a acontecer de fato na vida real.”

4. Os temas são coisas com que todos nós estamos familiarizados

Como Russell deu a entender, os personagens de Years and Years vivem em um mundo instável pela política, a economia e os avanços tecnológicos. Alguém se identifica, por acaso?

BBC
A história de Years and Years começa em 2019 e avança pelos próximos 15 anos.

Quando os conhecemos, o Reino Unido acaba de sair da União Europeia, Donald Trump acaba de ser reeleito para um segundo mandato e a Rússia invadiu a Ucrânia. Vemos como esses acontecimentos afetam a família Lyons à medida que as consequências vão se desenrolando.

Comentando sobre o que nos aguarda, Emma Thompson disse: “O texto é absolutamente fantástico, inteligente e assustador. A tensão vai crescendo aos poucos. De repente, coisas terríveis começam a acontecer. Vemos como todo o mundo chegou a onde está e como é difícil parar um processo desses depois de deslanchado.”

Ela acrescenta: “Espero que a série realmente provoque discussões, porque essa é uma discussão que precisamos ter.”

5. A história é narrada numa escala de tempo incomum

Em Years and Years, uma família comum, a família Lyons, é jogada no mundo 15 anos no futuro. Cada episódio nos impele um ou dois anos mais para frente.

O formato nos permite ver como as pessoas da família se apaixonam e se desapaixonam, como envelhecem, se distanciam e voltam a se aproximar, enquanto o mundo político e social à sua volta passa por grandes transformações.

Pense num misto de Simplesmente Amor e Boyhood, com fortes doses de Black Mirror no meio.

6. Apesar da temática, há muita alegria na série

BBC
Mesmo mostrando muitas questões sérias e tristes, a série não deixa de trazer momentos de muito humor típico britânico.

A premissa de Years and Years quase parece um pouco distópica, mas o elenco insiste que, graças ao pano de fundo dos relacionamentos familiares, a série é cheia de esperança e alegria – embora isso não queira dizer que os personagens não vão sofrer.

Emma explica: “É uma história sobre seres humanos, por isso sempre há esperança. Sempre que mergulhamos numa era sombria, sabemos que a única saída é fazer com que as coisas melhorem, e elas vão melhorar.”

Jessica Hynes, que faz o papel de Edith Lyons, comenta: “Nunca sabemos o que vai acontecer a seguir. A trama é muito pouco convencional.

“Espero que as pessoas curtam os detalhes, a emoção, a singularidade e a ousadia da série. Espero que se sintam esperançosas e que a vejam como um drama de televisão comovente e fascinante.

“O amor traz esperança. Qualquer coisa que nos faça concentrar sobre o amor que sentimos uns pelos outros e aquilo que nos aproxima.... Isso sempre traz esperança, e acho que Years and Years realmente procura fazer isso.”

7. Vai nos fazer refletir muito sobre a sociedade

Desde inteligência artificial até os efeitos da crise de refugiados, passando pela ascensão da política populista e discussões sobre identidade de gênero e o transumanismo (a teoria de que a raça humana conseguirá evoluir para além de suas limitações físicas e mentais atuais), Years and Years é um drama que tem muito a dizer.

Por todas essas razões, a série fará você refletir sobre os rumos possíveis da sociedade nos próximos 10 anos.

Years And Years é exibida no Brasil na HBO às sextas, às 22h, e está disponível na HBO Go.

*Este texto foi originalmente publicado no HuffPost UK e traduzido do inglês.