10 comidas gringas que os brasileiros melhoraram 100%

Como assim não tem pizza de frango com catupiry na Itália?

O Brasil é um país de imigrantes. E a culinária brasileira é a prova disso.

São tantas comidas típicas por aqui que é difícil saber como elas são servidas no país de origem. Bom, uma coisa você pode ter certeza: na maioria das vezes, elas são BEM diferentes das versões tupiniquins.

Além da receita se adequar aos ingredientes nacionais (basicamente, usamos muito catupiry em tudo), o brasileiro tem o hábito de exagerar em tudo que é bom, bem doce, bem frito, bem salgado...

Veja abaixo as criações originais e o que fizemos com elas. Quais destas versões você encararia?

Pizza

Na Itália a pizza tem uma massa fina, molho delicado e sabores tradicionais...

... Enquanto no Brasil, a gente já chegou a essa ousadia:

Pizzaria Bate-Papo, no Guarujá, faz sucesso com suas pizzas enormes. 
Pizzaria Bate-Papo, no Guarujá, faz sucesso com suas pizzas enormes. 

Estrogonofe

O prato típico russo leva carne cortada em finas fatias, dourada e flambada, com o smetana, clássico creme de leite azedo russo.

A versão tupiniquim leva creme de leite, molho de tomate, batata frita (ou palha) e as versões de filé mignon e frango.

Hambúrguer

Quando o assunto é burger, ninguém bate os Estados Unidos...

... Mas em matéria de criatividade, nosso X-TUDO não tem pra ninguém.

Sushi

Nas ruas do Japão, os delicados cortes de peixes são encontrados em todas as formas e cores.

Já por aqui, os brasileiros degustam a comida sem miséria, no copo de plástico mesmo - e de preferência, com cream cheese.

Sem contar nossos criativos ovos de Páscoa de sushi.

Hot dog

Um cachorro-quente na Alemanha é feito com um pão, salsicha artesanal e um molho de mostarda.

No Brasil, basicamente acrescentamos todos os ingredientes que estiverem à vista.

Churros

O churros espanhol é uma massa frita, polvilhada com açúcar.

A versão tupiniquim, modéstia parte, é muito mais apelativa e pode ser servida em uma BARCA:

MilkShake

A bebida típica estadunidense já é bem apetitosa, convenhamos.

Mas com todas as exageradas invenções brasileiras, fica ainda melhor.

Cappuccino

Na Itália, a bebida é servida bem quente, com uma singela “espuminha”.

Nós deixamos a bebida ainda melhor acrescentando ingredientes genuinamente brasileiros.

Parmegiana

Na Itália, onde a receita foi criada, o prato é feito com beringela empanada, e não com um filé.

Mas, por aqui, imagens como esta roubam nossos corações na hora do almoço:

Croissant

Na França ou em qualquer outra parte da Europa, o croissant é servido e degustado puro, sem qualquer recheio. No máximo é acompanhado de uma manteiga.

O brasileiro deu uma incrementada na receita francesa e chegamos a estes croissants:

O que os gringos devem achar das versões brasileiras?