ENTRETENIMENTO
04/03/2020 14:57 -03 | Atualizado 05/03/2020 16:05 -03

James Bond é a nova vítima do coronavírus, que adia estreia do novo filme do agente 007

Medo de que a epidemia do Covid-19 tenha um grande impacto negativo na bilheteria foi o motivo da mudança de data.

Famoso por derrotar super-vilões há décadas, James Bond foi derrotado pelo coronavírus. Por conta do pânico causado pela proliferação do Covid-19 em diversas partes do planeta, 007 - Sem Tempo Para Morrer teve sua estreia mundial adiada do dia 4 de abril para 25 de novembro.

De acordo com o Hollywood Reporter, a decisão foi tomada pelos produtores Barbara Broccoli e Michael G. Wilson, que já haviam cancelado uma turnê promocional do filme que passaria pela China, Coreia do Sul e Japão.

A grande preocupação dos produtores é que o medo das pessoas em ficar confinadas em um ambiente fechado, no caso as salas de cinema, pudessem ter um grande impacto na bilheteria da 25ª aventura do agente secreto mais famoso da sétima arte. E a China - país de origem dessa mutação do coronavírus classificada como Covid-19 - tem um papel fundamental na bilheteria mundial atualmente. 

Divulgação
 Lashana Lynch e Daniel Craig em cena de "007: Sem Tempo Para Morrer".

Com direção de Cary Fukunaga (que ficou famoso pela 1ª temporada da série True Detective), 007: Sem Tempo Para Morrer é um dos mais aguardados filmes da franquia em muito tempo, pois, além de marcar a aposentadoria de Daniel Craig como James Bond, conta com roteiro de Phoebe Waller-Bridge (criadora da série Fleabag) e trará Lashana Lynch como a nova agente 007 e Rami Malek (Oscar de Melhor Ator como Freddie Mercury em Bohemian Rapsody em 2019) como o vilão Safin.

Veja o trailer do filme aqui:

Eleições nos EUA
As últimas pesquisas, notícias e análises sobre a disputa presidencial em 2020, pela equipe do HuffPost